Home / BRASIL / Campanha de garoto por medula óssea mobiliza famosos na internet; exames comprovam cura dele

Campanha de garoto por medula óssea mobiliza famosos na internet; exames comprovam cura dele


Resultado exames do INCA do Rio de Janeiro comprovam cura e família atribui resultado a um milagre

10366103_459804790789722_2104194181445485708_n


Uma campanha ganhou força nas redes sociais para doar medula óssea para um garoto de quatro anos, que foi diagnosticado, inicialmente, com leucemia na Paraíba. Nicodemos Paiva estava internado há dois dias no Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, para tratar da leucemia. Na noite desta terça-feira (27), uma boa notícia: a criança não estava com a doença.

Após apresentar sintomas de reincidência da doença, a criança se internou nessa segunda-feira (26), na ala pediátrica do hospital onde foi colhido material da medula óssea e encaminhado para o Instituto Nacional de Câncer ( INCA) no estado do Rio de Janeiro. Nesta terça, o resultado do Nielograma e Imunofinotipagem da Medula deu negativo.

“O garoto apresenta baixa nas plaquetas, palidez, presença de blastos no sangue e outros fatores típicos da reincidência da leucemia. Foram feitos exames e encaminhados para o Rio de Janeiro. Na noite desta terça, os resultados chegaram e deram negativos. Nico não está com a doença. Uma alteração da imunidade – devido o período que ele se tratou – deve ter alterado o sistema. Temos que dizer que isso foi obra de Deus”, comentou Andréia Gadelha, médica oncopeditra do Napoleão Laureano, que tratou do garoto.

Uma missa será celebrada na noite desta quarta-feira (28), em uma igreja no bairro dos Estados, em João Pessoa, para agradecer a Deus e aos milhares de amigos, que ajudaram na campanha. “Estamos sem palavra até agora. Uma felicidade imensa, indescritível. Vamos agradecer a Deus e a todos que nos ajudaram nessa campanha, que vamos continuar com ela para ajudar a outras pessoas”, disse Bruna Breckenfeld, tia do menino e responsável pela divulgação da imagem dele na internet.

Repercussão da campanha

Uma foto dele segurando um cartaz dizendo: “Me ajude, doe medula óssea. Nico!” ganhou uma projeção e em dois dias foi parar nas redes sociais de artistas famosos como os cantores Cesar Menoty e Fabiano, Luan Estilizado, Solange Almeida do Aviões do Forró, além da apresentadora Adriane Galisteu, o jogador Hulk e a atriz Mariana Rios.

A solidariedade de artistas e anônimos fez lotar as dependências do Hemocentro em João Pessoa e as doações triplicaram. Só nesta terça-feira (27), cerca de 200 pessoas compareceram para doar sangue. “Devido à demanda, muitas pessoas vieram, mas deixaram para voltar nesta quarta-feira (28) onde farão a doação”, disse Alice Souza, chefe de enfermagem do Hemocentro-PB.

O material colhido será levado para um laboratório no estado de Pernambuco onde vai passar por um processo de compatibilidade genética. Em 30 dias, o resultado dos exames será divulgado. Segundo levantamento, um em cada cem mil deve ser compatível com o material genético de ‘Nico’.

Diagnóstico da doença

No dia 27 de outubro de 2012, exames de rotina detectaram que Nicodemos Paiva, o ‘Nico’, como é carinhosamente chamado pelos familiares, era portador da Leucemia Linfóide Aguda (LLA). Natural da cidade de Sousa, a 400 km de João Pessoa, a criança iniciou uma batalha contra o tempo.

“Começamos uma luta grande, mas vencemos a batalha. No dia 15 de maio deste ano, ele foi submetido a exames completo de sangue onde foi detectado a reincidência da doença. A tia dele (Bruna) teve a idéia de pedir a ajuda nas redes sociais e fato dele segurando cartaz ganhou uma proporção que, em dois dias, estava nas páginas de artistas, políticos, atrizes, jogadores, além de pessoas anônimas”, falou emocionado Cacá Gadelha, pai do garoto.

Instagram do jogador paraibano Hulk
Perfil da cantora Solange Almeida
Atriz Mariano Rios ajudou na campanha

Sobre Hudson Almeida

Veja Também

Caminhoneiros fazem 10º dia de protesto em ao menos 6 estados

Mesmo com o acordo entre o governo e as lideranças da greve e o início ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.