Home / ENTRETENIMENTO / Febre mundial, Peppa cativa crianças e pais com bom humor e simplicidade

Febre mundial, Peppa cativa crianças e pais com bom humor e simplicidade

Amplia

Peppa Pig, George, Mamãe Pig e papai Pig adoram pular em poças de lama. O desenho animado, fenômeno mundial, é transmitido no Brasil no canal infantil Discovery Kids Divulgação

Uma porquinha adorável, com traços que parecem rabiscados por uma criança, que vive com a Mamãe Pig, o Papai Pig e seu irmãozinho George. Ela ama pular em poças de lama, é teimosa e às vezes implicante: essa é Peppa Pig, fenômeno mundial, transmitido em 180 países e o segundo desenho mais assistido do canal infantil Discovery Kids, perdendo apenas para o cãozinho Doki.

Transmitida pela primeira vez na Inglaterra em 2004, o desenho da Peppa Pig tem conquistado crianças de 0 a 4 anos porque representa a mentalidade dessa faixa etária através de atividades do dia-a-dia que os pequenos gostam como ir ao parque, nadar, andar de bicicleta e visitar os avós.

Peppa é a primogênita da família, uma menina teimosa que não gosta de ser contrariada. George, o caçulinha, se comporta como uma criança da idade, com direito a pirraça e a dificuldade para comer alimentos saudáveis.  Os pais das crianças que assistem Peppa ficam impressionados com a paciência de Mamãe e Papai Pig.

O desenho cativa mães e pais por mostrar, com simplicidade, valores familiares além de contribuir para o desenvolvimento social e emocional dos pequenos. Através dos personagens é possível mostrar exemplos de cooperação, compreensão e expressão de sentimentos.

Atualmente, Peppa é exibido diariamente no Discovery Kids em diversos horários: 8h, 10h30, 14h, 16h15 e 20h30.

O que meu filho aprendeu com a Peppa…

Wagner Santos/Foto Rio News

Grazi Massafera e Sofia são fãs da Peppa Pig

UOL conversou com alguns pais de crianças, que assistem ao desenho, que narram o que a Porquinha deu de exemplo para elas, seja bom ou ruim. A atriz Grazi Massafera e a filha Sofia, de 2 anos, são fãs do desenho. “A Sofia é apaixonada pela Peppa, assistimos juntas, sei tudo sobre o desenho. O que mais me encanta são as descobertas, as relações dos personagens e o humor”.

Confira o que outras mães falam do desenho:

Vanessa Castro, professora, mãe de Lucas, 2 anos
“Acho um desenho bem educativo. Quando a Peppa está errada, mostram o porque e como não fazer de novo. Meu filho aprendeu a ser cooperativo, educado, respeitar o outro, solidário e a comer cenoura. Não tenho nada contra a Peppa, só a paciência incansável dos pais dela”.

Taisa Serpa, pedagoga, mãe de Manuela, 2 anos
“O desenho ensina coisas que aprendem na escola, como números, cores, mas também ensina a ser malcriada. Eu tinha orgulho de dizer que a Manu não fazia pirraça, agora, não posso dizer o mesmo. Em alguns momentos a Peppa destrata o irmão dizendo que ela, que é mais velha, então ela decide, e a Manu, apesar de não ter irmão, andou fazendo isso com a gente e bate o pé dizendo que é dela e pronto. Antes ela não fazia isso”.

Cintia Silveira, nutricionista , mãe de Caio, 4, e Bruno, 2
“Caio e Bruno aprenderam que pular na poça de lama é muito bom. É só chover que pedem para colocar a galocha para pular nas poças de lama igual a Peppa”.

Carla Cavalcanti, advogada, mãe de Beatriz 1 ano e 11 meses
“A Bia aprendeu a tomar remédio com a Peppa. Quando dou remédio, lembro ela do episódio que a peppa toma sem reclamar e ficou mais fácil. Era um tormento fazer ela tomar remédio antes disso”.

Natália Gondim, Mãe de Natasha, 3 e Nicolle, 2 anos
“As meninas adoram a Peppa. Assistem todos os dias. A Nicolle é a que mais curte. Uma coisa em que a Peppa me ajudou foi para as meninas escovarem os dentes antes de dormir sem reclamar. Tem um episódio que mostra a Peppa e o George tomando banho e escovando os dentes para dormir. E a Natasha se animou muito para comer salada com um episódio que eles sentam à mesa e comem salada de pepino. E aprenderam sobre a fada do dente com um episódio também. A Natasha me fez explicar mil vezes sobre a fada e nao vê a hora de perder um dente”.

Camila Santos, vendedora, mãe de Gabriel, 3 anos
“Seria um desenho perfeito, mas o Gabriel aprendeu a arrotar alto depois que come. O pior é que ele anda fazendo isso em vários lugares, incluindo restaurantes e casas de amigos. A gente ensina que é feio, mas não tem jeito, ele começa a rir e nos cativa com a palhaçada”.

Reprodução/Youtube

Detalhe da primeira versão do desenho à esquerda com Peppa e George andando de carro sem cinto de segurança. Após reclamações, os criadores reanimaram o episódio e os personagem surgem com cinto e cadeirinhas (à direita)

Veja Também

Após Vazar Fotos de agressões que DJ Ivis sofria; Pamella Holanda entra com pedido de apreensão de celular do paraibano

A arquiteta, ex-mulher do produtor e vítima de agressão, conta que a exposição de imagens ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.