Home / CIDADES / Em Santa Rira Famílias ligadas ao MTST ocupam fazenda pela 3ª vez na PB, diz Incra

Em Santa Rira Famílias ligadas ao MTST ocupam fazenda pela 3ª vez na PB, diz Incra

Cerca de 70 famílias ocuparam a fazenda Livramento, em Santa Rita. Local é disputado pelo MTST e Usina desde novembro de 2013, diz Incra.

download (1)

Cerca de 70 famílias de agricultores ocuparam no início da manhã desta segunda-feira (21) uma fazenda na Zona Rural de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com a Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária na Paraíba (Incra-PB) os ocupantes são ligados ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MSTS).

Ainda conforme o Incra-PB, essa é a terceira vez que a área é ocupada desde novembro do ano passado. O local ocupado é conhecido como Fazenda Livramento e pertence  a uma usina. “Fomos despejados outras vezes e retornamos porque é uma área própria para que a gente consiga cultivar. Uma área que estava abandonada pela usina”, explicou o agricultor José Arimatéia, pai de uma das 70 famílias que estão no local.

Durante a ocupação houve um princípio de conflito entre os integrantes do MTST e dois homens que trabalhavam como segurança do local. Embora tenha ocorrido uma discussão e os seguranças estivessem armados, segundo os trabalhadores sem terra, não houve confronto e ninguém ficou ferido.

Por volta das 9h desta segunda-feira (21), a Polícia Militar foi chamada para negociar com os ocupantes. Segundo informações colhidas pelo Incra-PB, a estimativa é de que mais famílias se alojassem no assentamento, batizado pelos ocupantes de 15 de Novembro, data da primeira ocupação. O G1 fez contato com a Polícia Militar de Santa Rita, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: G1 PB

Veja Também

NEGARAM AUXÍLIO PARA POVO: Vereadores de Santa Rita aprovam verba indenizatória de mais de R$ 4 mil reais

ESCÂNDALO: Os vereadores de Santa Rita aprovaram, nesta quinta-feira (11) o projeto de resolução que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.