Home / PARAÍBA / Com pinturas pelo corpo e cartazes, manifestantes protestam na Marcha das Vadias em João Pessoa

Com pinturas pelo corpo e cartazes, manifestantes protestam na Marcha das Vadias em João Pessoa

Algumas ainda ousaram na manifestação e ficaram parcialmente nuas, com pinturas pelo corpo

Manifestantes usaram pinturas no corpo
Manifestantes usaram pinturas no corpo

Cerca de 100 pessoas deram início à terceira edição da Marcha das Vadias na manhã deste sábado (16), a partir do monumento à Pedra do Reino, na Lagoa em João Pessoa. Este ano, o protesto é contra a violência obstétrica e pela legalização do aborto.

Com faixas, cartazes e muitas mensagens alusivas ao tema, as manifestantes circularam o anel interno da Lagoa e seguiram para a praça Rio Branco, no Centro da capital. Algumas ainda ousaram na manifestação e ficaram parcialmente nuas, com pinturas pelo corpo.

A Polícia Militar e a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana acompanharam a marcha e prestaram suporte para garantir segurança e fluidez no trânsito.

De acordo com a organização da Marcha das Vadias, a justificativa para a legalização do aborto se dá pelos dados divulgados pela ONU, que registra cerca de 200 mil mortes por ano com a prática do aborto ilegal. “Marchamos pelos direito de escolha, pelo poder de decisão sobre nossos corpos, pela autonomia e empoderamento”, divulga a organização.

A Marcha é uma iniciativa independente e não está ligada a ONGs, redes, sindicatos ou partidos políticos.

O primeiro registro do evento ocorreu em Toronto, no Canadá, em 2011, quando 3 mil foram às ruas para contestar atos de violência e preconceito contra a mulher.

Veja Também

Policia Federal apreende R$ 190 milhões em fraudes no enfrentamento da pandemia

A Polícia Federal (PF) ultrapassou na última semana a marca de 100 operações de repressão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.