Home / CIDADES / SANTA RITA: Moradores de comunidade da PB fazem tijolos para construir casas com ajuda de ONG Casa dos Sonhos

SANTA RITA: Moradores de comunidade da PB fazem tijolos para construir casas com ajuda de ONG Casa dos Sonhos

Projeto ensina população a fazer tijolos a partir do barro e 5% de cimento.
Casas e espaço de uso comum já foram construídos com os tijolos.

Do G1 PB

Os moradores de uma comunidade de Santa Rita, cidade da Grande João Pessoa, estão aprendendo a fabricar tijolos para poderem construir suas próprias casas. A comunidade Santo Amaro, no bairro de Várzea Nova, é uma área de ocupação irregular onde cerca de 200 famílias enfrentam problemas de moradia. O projeto foi apresentado no JPB 1ª Edição desta segunda-feira (8).

“Eu não tinha condições de fazer uma de alvenaria e tive que fazer de barro mesmo. Era mais fácil. A madeira a gente conseguia pegar no mangue e o barro a gente arrumava aqui mesmo”, comentou o vigilante Rosemiro Fernandes.

O projeto é um curso de sete dias em que a população aprende a fazer tijolos usando barro e apenas 5% de cimento. A mistura é prensada em uma máquina que dá ao material a forma de bloco. Para o tijolo ficar pronto, não precisa queimar, basta passar 15 dias secando na sombra, o que torna o produto ecologicamente correto. Na hora de construir, não precisa reboco e o rejunte pode ser feito com o próprio barro. Depois, os que fizeram o curso se encarregam de repassar o conhecimento para os outros moradores.

Foi a arquiteta italiana Gloria Mattone que trouxe a técnica para o Brasil. Segundo ela, o processo é simples, como um jogo de montar. “É fácil de fazer e praticamente não precisa de manutenção”, garantiu. O projeto é desenvolvido em parceria com a ONG Casa dos Sonhos, que há 10 anos oferece assistência e educação às crianças da comunidade.

Três casas já foram construídas na comunidade com os tijolos, além de alguns espaços de uso comum da população da Santo Amaro. “Tem conforto, muito boa minha casa é. Me sinto muito bem dentro da minha casa, me sinto à vontade, meus filhos também ficam à vontade. Dá para eles brincarem, tem espaço. Eu me sinto feliz, uma mulher realizada, realizei meu sonho”, declarou a dona de casa Josefa Roque da Silva, que teve uma casa nova construída com os tijolos feitos pela comunidade.

O estudante Ismael Braga, que já foi estudante da ONG, está aprendendo a técnica. Há 5 anos, uma enchente destruiu a casa de barro onde ele morava com a família, mas hoje ele foi beneficiado com o projeto. “Eu construí minha própria casa e é muito confortável, muito grande, muito boa de morar”, explicou.

Veja Também

DE ACUSADOR A ACUSADO: Vereador Jefferson Oliveira teria sido investigado pelo TCE-PB por suposta fraude na licitação quando comandava o lixo de Bayeux na gestão do seu primo Berg Lima; VEJA

O vereador Jefferson Oliveira (PL), primo do ex-prefeito preso e cassado de Bayeux Berg Lima, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.