Home / NOTÍCIAS / Prefeito Interino Netinho de Varzea Nova de Santa Rita sai pela porta dos fundos ao acumular malfeitos

Prefeito Interino Netinho de Varzea Nova de Santa Rita sai pela porta dos fundos ao acumular malfeitos

Prefeito de Santa Rita sai pela porta dos fundos ao acumular malfeitos
Vice Prefeito Netinho

O prefeito Interino de Santa Rita, Netinho (PR) foge dos refletores como peixe do anzol. Fisgado em malfeitos segue impunemente.  As irregularidades são flagrantes, inclusive pode ser observado trafegando e congestionando o trânsito da cidade: vem a ser a locação de veículos pela prefeitura.

Lá, ninguém esconde nada. Tudo é feito as claras, pois o desmantelo é observado em praça pública. Há denúncia de tudo o que é tipo e gostos, a exemplo de laranjas apontado nas esquinas. Chegam a se gabar da facilidade de ganhar dinheiro público sem fazer muito esforço.

Circulando pela cidade, o que mais se ver é carro locado, dezenas deles e diversas marcas e por preços absurdos, com repasse entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, conforme destaca em seu blog o jornalista Dércio Alcantara.

Pior é que o prefeito Netinho negligencia com os serviços essenciais, deixando a população mercê da própria sorte. Os estudantes, em sua grande maioria ainda criança; comem bolacha com garapa (suco fraquinho, fraquinto). É a merenda escolar. Porém, paga-se como se fosse servido comida de qualidade.

Combustível

Seria bom se a única irregularidade fosse com carros locados. A principal denúncia vem agora e foi jogada no asfalto em agosto passado em notícia veiculada no portal MaisPB. “A Prefeitura de Santa Rita fechou contrato de R$ 1,6 milhão com um posto de combustível para abastecer sua frota”.

A matéria diz: “A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município no último dia 7 de agosto”.

Tem mais: “De acordo com o ato do prefeito, Netinho de Várzea Nova, o Comercial de Combustível Santa Rita, posto localizado no Centro da Cidade, fica contratado para fornecer até R$ 1.650.200,00 (um milhão seiscentos e cinqüenta mil e duzentos reais) nem combustível para a prefeitura. São quase 600 mil litros do produto que devem ser oferecidos para o Poder Executivo”.

Agora, vem algo que causa indignação a qualquer ser humano: “Levando em consideração o uso de combustível por veículo, com a aquisição da Prefeitura de Santa Rita, seria possível percorrer a circunferência da Terra por mais de 14 vezes”.

A matéria do MaisPB conta mais: “Há suspeita de (super) faturamento na compra de material de expediente, conforme documento abaixo; as creches estão às moscas e ninguém sabe para realmente vão os R$ 15 milhões ou até mais que a Prefeitura de Santa Rita recebe todo mês”.

Com a palavra o Tribunal de Justiça da Paraíba.

santarita

 

santarita1

Veja Também

ABSURDO: Freiras usavam crucifixos para estuprar crianças na Igreja Católica da França

Relatório histórico divulgado nessa terça-feira (5/10) mostra que cerca de 330 mil ataques contra crianças ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.