Home / POLITICA / Contas do governador Ricardo Coutinho são aprovadas por maioria na ALPB

Contas do governador Ricardo Coutinho são aprovadas por maioria na ALPB

Contas do ex-governador José Maranhão, referente ao exercício de 2010, também foram julgadas e aprovadas por unanimidade

Governador Ricardo Coutinho
Governador Ricardo Coutinho

As contas do governador Ricardo Coutinho (PSB), referente aos exercícios financeiros de 2011 e 2012, foram julgadas na Assembleia Legislativa da Paraíba nesta terça-feira (12). Sob a presidência do deputado estadual Adriano Galdino (PSB), os parlamentares decidiram, por maioria, aprovar as duas contas.

Primeiro foi julgado as contas de 2012, que por 22 votos a seis foi aprovada. Em seguida foi aprovada as contas de 2011 por 23 votos a oito. Nas duas apreciações, a bancada do Governo, representada pelo deputado Buba Germano (PSB), orientou os colegas do grupo pela aprovação das contas. Já o líder da oposição, Renato Gadelha (PSC) pediu pela reprovação.

Antes do início da votação, Gadelha apresentou requerimento a Mesa Diretora da Casa pedido adiamento da apreciação das contas do governador. Ele alegou ser necessário esperar o Tribunal de Contas do Estado enviar relatório, ainda referentes às contas do governador, para que os deputados pudessem levá-la a votação.

Gadelha afirmou que dois processos que investigam excedentes no pagamento da folha dos codificados do Estado no valor superior de R$ 1 milhão por mês ainda estão sendo apreciados pelo TCE da Paraíba, mas o pedido foi rejeitado, por maioria.

As contas do ex-governador José Maranhão (PMDB), referente ao exercício de 2010, também foram julgadas e aprovadas por unanimidade.

Veja Também

Senador Eduardo Girão vai fazer relatório “independente” da CPI da Covid

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) anunciou nesta terça-feira (5) que está produzindo um relatório sobre ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.