Home / POLITICA / Parecer da reforma política pode ser votado nesta terça na comissão especial

Parecer da reforma política pode ser votado nesta terça na comissão especial

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, confirmou que a reforma política será votada em Plenário na semana que vem.

Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados

A comissão especial da reforma política retoma, na manhã desta terça-feira (19), a discussão sobre o relatório do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), apresentado na semana passada. O texto determina que todos os mandatos eletivos, de vereador a presidente da República, terão duração de cinco anos a partir de 2022.

A princípio, Castro tinha decidido ampliar o mandato de senadores de oito para dez anos. A decisão havia sido tomada após conversas com outros parlamentares, que recearam que a redução de mandato proposta originalmente pelo relator complicasse a aprovação da reforma política no Senado.

“Eu me arrependi amargamente dessa decisão, que havia sido tomada em nome de um ganho futuro com a tramitação mais fácil da reforma política”, explicou Castro ao voltar atrás na sexta-feira.

Cláusula de desempenho

O parecer de Castro também altera a proposta de cláusula de desempenho. O texto propõe que os partidos, para terem direito a recursos públicos do fundo partidário, obtenham no mínimo 2% dos votos válidos na eleição para a Câmara (ao invés dos 3% inicialmente previstos), distribuídos em pelo menos 1/3 das unidades da Federação, com um mínimo de 1% do total de cada uma delas (ao invés dos 2% sugeridos no parecer original).

Entenda o que muda se reforma política for aprovada:

Entenda o que muda se a reforma política for aprovada

Veja Também

O resultado da nova pesquisa que traz um choque para a campanha de Lula

Os presidenciáveis Lula e Bolsonaro // Montagem com fotos de Ricardo Stuckert e Allan Santos/PR O ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: