Home / POLITICA / Justiça extingue ação de Cássio contra Ricardo por perda de prazo

Justiça extingue ação de Cássio contra Ricardo por perda de prazo

Decisão foi tomada em harmonia com parecer do Ministério Público Eleitoral e ocorreu devido à coligação de Cássio perder o prazo para citar a vice-governadora Lígia Feliciano no processo.

Cássio e Ricardo disputaram eleição na PB
Cássio e Ricardo disputaram eleição na PB

O Tribunal Regional Eleitoral, em decisão monocrática do juiz Breno Wanderley, decidiu extinguir a ação judicial que acusa de conduta vedada na eleição passada a coligação ‘A Força do Trabalho’ de Ricardo Coutinho (PSB). A ação foi impetrada pela coligação “A Vontade do Povo’ de Cássio Cunha Lima (PSDB).

A decisão de Breno Wanderley foi harmônica com parecer do Ministério Público Eleitoral. A coligação de Cássio acusa Ricardo de ter usado a Granja Santana, residência oficial do governo do Estado, em benefício da campanha, caracterizando exploração da máquina administrativa. A ação pedia ainda a cassação do mandato do governador reeleito e o pagamento de multa.

De acordo com a decisão do magistrado, a coligação de Cássio perdeu o prazo de responder à solicitação de inclusão da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) no processo.

Veja Também

Você Acredita? Pesquisa BG/Consult: Lula tem 44% das intenções de voto contra 22,59% dos eleitores potiguares

Dentro da pesquisa realizada com a população do Rio Grande do Norte para as eleições ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.