image

Advogado que levou Netinho à prefeitura de Santa Rita dá esperanças a Cássio sobre cassação de RC

O juiz Gustavo Procópio, de Santa Rita determinou na última terça-feira (29) o afastamento do prefeito Reginaldo Pereira e seu vice, Netinho de Várzea Nova (PR) assume novamente a prefeitura. O processo vitorioso foi liderado pelo trabalho do advogado de Netinho, Rinaldo Mouzalas. O nome do advogado é familiar, pois é o mesmo que integra a equipe dos defensores da coligação do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) nas ações das AIJEs contra o governador Ricardo Coutinho (PSB).

A vitória recente do advogado, alegra e deixa o tucano esperançoso e segundo informações, Rinaldo Mouzalas acredita que as provas contra Ricardo Coutinho podem incriminá-lo de forma tal que ele será cassado e Cássio estará de volta ao Governo do Estado.

Ao todo são 12 AIJEs (Ação de Investigação Judicial Eleitoral), que foram impetradas pelo Ministério Público Eleitoral e pelos advogados do ex-candidato Cássio Cunha Lima contra o governador Ricardo Coutinho. Além de uma AIME (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo), que foi protocolada pelos advogados tucanos contra o governador, junto à Justiça Eleitoral, com base precisamente nessas doze AIJEs, anexando uma vasta documentação que, segundo eles, atesta o “uso indevido de servidores, estruturas públicas e programas como o Empreender-PB na campanha do governador Ricardo Coutinho”.

“Além dos detentores de cargos comissionados e prestadores de serviços, os desmandos também atingiram os agentes públicos ocupantes de funções temporárias, além da categoria sui generis denominada de “codificados”, nomeados, às custas do Estado, para cumprir o “projeto político do Governador Ricardo Coutinho”, acrescenta o advogado Rinaldo Mouzalas, que também subscreve a ação.

PB Agora

Publicado do WordPress para Android

Veja Também

Adolescente é preso na Inglaterra por matar e tentar decapitar amigo de 11 anos

Caso aconteceu em dezembro de 2020 e permaneceu em anonimato até então pela idade dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.