Home / POLICIAL / Homem mata namorada com golpe de faca no pescoço e depois tenta suicídio após discussão

Homem mata namorada com golpe de faca no pescoço e depois tenta suicídio após discussão

A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime
A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime

Na tarde desta última sexta-feira (23) um homem de 26 anos matou sua própria namorada de 22 anos e logo após tentou suicídio em uma residência localizada na rua Buenos Aires no bairro São José Operário em Santarém (1.318 km de Belém). A jovem morava na comunidade de São Jorge e seu namorado morava na comunidade de Guaraná, entretanto ambos vieram para a cidade para passar o fim de semana onde a jovem iria fazer a prova do ENEM. De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, o acusado identificado como Carlos Vanderlei, conhecido popularmente como “Capone” por motivos ainda desconhecidos teria discutido com sua namorada Bruna Dias Celestino momento em que o acusado se irritou e pegou uma faca desferindo um golpe no pescoço da vítima. Bruna não resistiu aos ferimentos e morreu em cima da cama. Após cometer o crime Carlos tentou tirar a própria vida e com a mesma faca desferiu um golpe em sua garganta e outro golpe no peito, mas não conseguiu o suicídio. Vizinhos que ouviram os gritos da jovem acionaram a Polícia Militar que foi até o local, arrombaram a porta e encontraram a mulher já sem vida. Carlos foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado ao hospital da região onde permanece internado com estado de saúde estável e sob escolta policial. O corpo da jovem foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso está sendo investigado pela Polícia Civil sob o comando do delegado Germano do Vale e do delegado Jamil Casseb.

Veja Também

13 ANOS DE RECLUSÃO: Delegada presa na Operação cara de Pau é condenada por sete crimes e deve ir para presídio de segurança máxima de JP

A delegada Maria Solidade de Souza, com atuação na Polícia Civil em Alagoa Grande foi ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.