Home / NOTÍCIAS / Centro de Convenções torna-se “território da ONU” neste sábado

Centro de Convenções torna-se “território da ONU” neste sábado

FBDJPVF-1
Ao receber, a partir da próxima segunda-feira (9), a 10ª edição do Fórum de Governança da Internet (IGF), João Pessoa torna-se a “capital do mundo” e o Centro de Convenções será, a partir deste sábado (7), “território da ONU”. O evento, promovido pela Organização das Nações Unidas, tem como tema “Evolução da Governança da Internet: empoderando o desenvolvimento sustentável”.

O gestor do Centro de Convenções de João Pessoa, Ferdinando Lucena, explica que ao ser “território da ONU”, a partir de sábado (7), o espaço passa a ter a chancela da Organização e a segurança ficará a cargo dos Boinas Azuis – como são conhecidas as forças militares multinacionais das Nações Unidas. “Ser território da ONU significa que o espaço estará sob uma coordenação com um nível de muito rigor e exigência. Isso nos proporciona know-how na área de organização e coloca a Paraíba em evidência”, avaliou Lucena.

Em termos de segurança, ele relata que também significa que equipes de proteção, serviço e segurança do Estado que atuarão no local, como Corpo de Bombeiros, polícias Civil, Militar e Federal estarão sob coordenação da equipe de segurança da ONU.

“Dia 0” – O presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), professor Cláudio Furtado, explica que o “Dia 0” é uma programação realizada pelo país sede do IGF. A programação terá início às 15h da segunda-feira (9), no Centro de Convenções de João Pessoa, quando estarão presentes várias autoridades estaduais e nacionais.

Estão previstas programações culturais, a cargo da Secretaria de Estado da Cultura, e falas de secretários de Estado. Segundo a organização do Fórum, embora não haja um resultado negociado, o evento proporciona uma plataforma global única para as diversas partes interessadas tanto de países desenvolvidos quanto em desenvolvimento para que dialoguem sobre questões de políticas públicas relacionadas com a Internet. “O Fórum é consultivo, porém serve para municiar assembleias da ONU a fim de traçar políticas sobre a temática”, acrescentou o professor Cláudio Furtado.

O Fórum deste ano vai abordar oito subtemas: Cibersegurança e confiança; Economia da Internet; Inclusão e diversidade; Abertura de acesso; Reforçando a cooperação multissetorial; Internet e os Direitos Humanos; Recursos críticos da Internet; e questões emergentes.

Veja Também

Homem mata atendente de lanchonete após seu pedido vir com ‘muita maionese’

Caso aconteceu em Atlanta, nos EUA. Além da vítima, outra mulher se feriu. Suspeito foi ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: