Home / POLITICA / Projeto de deputado propõe que apenados construam penitenciárias novas

Projeto de deputado propõe que apenados construam penitenciárias novas

image

O deputado federal Efraim Filho (DEM) declarou durante entrevista hoje (04) em uma emissora de rádio, que é a favor do porte caseiro de armas e sugere, de acordo com um projeto seu, que presos participem da construção de novas penitenciárias, a fim de melhorar a ressocialização e gerar qualificação aos apenados.

O deputado democrata diz que seu projeto pretende que presidiários construam, sob supervisão do Exército Brasileiro. “Além da luta para a maioridade penal, tenho um projeto onde preso tem que trabalhar para fazer retorno a sociedade pelo que cometeu. O preso precisa aprender uma profissão, enquanto está na cadeia, para quando sair de lá, ele ter alternativa de vida. No projeto, os próprios presos passariam a construir os novos presídios sob controle do Exército. Em vez de ficar com empresas, que às vezes ficaria até temerário, os presos aprendiam  trabalho de pedreiro, marceneiro, eletricista, mestre de obra, informática… aprendendo alguma profissão”, disse.

De acordo com o deputado, que é a favor do porte caseiro de arma, a sociedade espera muito pelo atendimento da segurança pública. “Sou a favor do cidadão ter em casa uma arma para proteger seu patrimônio e família, sou a favor que a posse seja facilitada. Hoje depende muito da polícia atender uma ligação, que demora para chegar no lugar que está a ocorrência. Agora, para andar na rua não defendo o porte, porque precisaria de teste psicológico, prática de tiro, psicotécnico”, destacou.

Fonte: ParaibaJá

Publicado do WordPress para Android

Veja Também

Após Senadores da Oposição atacar CGU, Servidores reagem à CPI e defendem ministro

Dirigentes e servidores de todas as superintendências da Controladoria-Geral da União, incluindo a regional da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.