Home / PARAÍBA / Beira Rio será interditada para obra que se arrasta há dois anos

Beira Rio será interditada para obra que se arrasta há dois anos

Interrupção do tráfego perto da rotatória do Altiplano será necessária novamente para que seja feito aterro das vias, diz Prefeitura

A Avenida Beira Rio, em João Pessoa, será interditada no sentido praia-centro para a continuidade a construção de duas pontes sobre o rio Jaguaribe, que começou em junho de 2014. A obra da Prefeitura da Capital previa por fim aos alagamentos na área do rio e solucionar os problemas de trânsito na rotatória de acesso ao bairro do Altiplano, mas já se arrasta há dois anos.

De acordo com o secretário de Infraestrutura da Prefeitura (Seinfra), Cássio Andrade, a interrupção do tráfego é necessária para que seja feito aterro das vias para a aproximação das pontes, que já estão prontas e ficaram 2,5m acima da via atual. “Como vamos trabalhar com máquinas pesadas, fez-se necessária essa mudança no trânsito que será operacionalizada pela Semob – Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana – na próxima semana”, informou.

Cássio Andrade disse ainda que a entrega da obra na Avenida Beira Rio, na altura da giratória do bairro Altiplano, que teve início no dia 13 de junho de 2014 e tinha previsão de ser concluída em 420 dias –entrega em fevereiro deste ano  – está prevista apenas para o próximo mês de dezembro.

Segundo o superintendente Semob-JP, Carlos Batinga, o tráfego de veículos será interditado do trecho da ponte até o antigo posto de combustível – na rotatória. “Os motoristas terão que dividir a faixa da esquerda (sentido praia-centro), ou seja, uma faixa será utilizada para o tráfego praia-centro e a outra no sentido centro-praia”, explicou Batinga. Nem a Semob nem a Seinfra informaram por quanto tempo a via ficará interditada.

Veja Também

Dia de Nossa Senhora Aparecida: Veja o que abre e o que fecha no feriado de 12 de outubro em João Pessoa

Nesta terça-feira(12) é celebrado o feriado do dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.