Home / POLITICA / Após SER PRETERIDO NA VICE DE BERG, PMDB DEIXA OPOSIÇÃO E ADERE A EXPEDITO EM BAYEUX

Após SER PRETERIDO NA VICE DE BERG, PMDB DEIXA OPOSIÇÃO E ADERE A EXPEDITO EM BAYEUX

O PMDB de Bayeux, enviou nota a imprensa nesta quinta-feira (04) anunciando a saída do bloco de oposições, comandado pelo candidato do PTN, Berg Lima.


Segundo a nota, o motivo foi o não cumprimento de um acordo firmando entre Berg e a direção municipal e estadual da legenda, em abril deste ano, onde o mesmo ofereceu a vaga de vice na sua chapa e aceitou a indicação do partido, que foi o Cel Ardnildo, presidente da legenda.


O partido estará unido em torno da candidatura de Expedito Pereira (PSB) e fechou a proporcional com PRP, PDT, PSC, PCDOB e PP.


Leia abaixo a nota:


PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÂTICO BRASILEIRO  

DIRETORIO MUNICIPAL DE BAYEUX

         

                N O T A


          O Partido do Movimento Democrâtico Brasileiro,  por decisão da maioria de sua Executiva Municipal,  devidamente embasado em seu Estatuto,  nas diretrizes partidarias,  ouvindo a Executiva Estadual e, 


          Considerando a existência de um acordo bilateral, celebrado entre o PMDB e O PTN,  em suas intâncias Municipal e Estadual,  de forma amigável e consensual,  por ambas as partes, tornado público e de conhecimento de todo(a)s;  


           Considerando a forma como o citado Acordo,  unilateralmente não foi cumprido, sem  justificativa plausível e convincente aos escalões partidários,  o que rompeu toda possibilidade de sua continuação; 


          RESOLVE:

           1.   Respeitar a decisão do PTN; 

           2.   Não continuar na Aliança do Grupo Atitude (PTN); 

           3.  Agradecer o acolhimento amistoso, que nos foi dispensado e, 

           4.  Desejar sucesso ao Grupo Atitude


            Bayeux, PB, 04 AGO 2016. 


Ardnildo Morais dos Santos

Presidente do PMDB Municipal.

Veja Também

‘Quem tem mais de 30 anos não pode se enganar com o PT’, diz Bolsonaro

‘Você pode até me criticar, mas qual opção que você tem depois de mim?’, questionou ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.