Home / PARAÍBA / Pokémon Go é tema de palestra em João Pessoa e alvo de alerta para riscos no trânsito

Pokémon Go é tema de palestra em João Pessoa e alvo de alerta para riscos no trânsito

Jogo foi lançado na quarta-feira no Brasil e já mobiliza milhares de pessoas

Pokémon Go é febre mundial, mas preocupa entidades

Pokémon Go é febre mundial, mas preocupa entidades

Quem disse que cultura pop não é assunto sério? Sucesso mundial, o jogo Pokémon Go será tema na Expotec 2016, evento que acontece este mês em João Pessoa. A jornalista e pesquisadora Cândida Nobre vai abordar em palestra ‘O que podemos aprender com Pokémon Go e outras febres’. O debate está marcado para o dia 25, mas a programação do evento segue até o dia 27.

“Em um mundo articulado diante de constantes transformações, novas tecnologias se consolidam e sinalizam hábitos e comportamentos. A partir delas, a proposta é um debate para entender alguns pontos de partida para os novos rumos e utilizações de produtos na cultura digital capazes de reconfigurar o espaço público, os aparatos tecnológicos, a comunicação, a publicidade e, especialmente, os sujeitos conectados”, adianta Cândida.

Criatividade e empreendimento

Em poucas horas depois do lançamento do jogo no país várias empresas usaram os monstrinhos em anúncios. Em Fortaleza, Ceará, a febre motivou até um novo negócio! Desempregado há um mês, o motoboy Dênis Paz agora leva gamers para dar uma volta na cidade em busca de pokémons. O serviço custa R$ 25 a hora, com direito a carregador para celular no veículo e carona de volta para casa.

Uma iniciativa parecida foi registrada em Caruaru, Pernambuco: um estudante de medicina está utilizando o carro da família para ajudar fãs do jogo. Ele cobra R$ 10 para trafegar a procura das criaturas fictícias.

Preocupação

Por falar em Pokémon Go e trânsito, o risco tem preocupado muitas entidades. Recentemente, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em João Pessoa lançou campanha para alertar jogadores sobre possibilidade de acidentes e normas de segurança que não podem ser desrespeitadas.

 

CBTU pede que jogadores respeitem regras nas ferroviasFoto: CBTU pede que jogadores respeitem regras nas ferrovias
Créditos: Divulgação

“Com a popularização do jogo, é cada vez mais comum encontrar usuários dos trens urbanos em caça aos bichinhos na plataforma, desobedecendo as normas internas de segurança. Para evitar acidentes, a Companhia orienta aos adeptos da nova mania que respeitem as regras e não ultrapassem a faixa amarela antes do embarque, bem como nunca descerem na linha férrea”, divulgou a CBTU-JP.

O Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ) também fez ação para orientar os usuários do jogo. Com o nome de PokeStop, a campanha busca reforçar que o público se divirta bastante, mas que não esqueça de tomar cuidado e ter atenção ao atravessar ruas e enquanto estiver ao volante.

Uma empresa de seguros com sede em São Paulo advertiu internautas com postagem no Facebook: “Se for capturar, não dirija”. O alerta se baseia em acidentes ocorridos em outros países e relacionados ao uso do aplicativo Pokémon Go.

Empresa de seguros fez alerta pelas redes sociaisFoto: Empresa de seguros fez alerta pelas redes sociais
Créditos: Divulgação/Sompo Seguros

Veja Também

SEM PENSAR NO POVO: Ministros do STF aprovam próprio reajuste de seus salários, que podem chegar a R$ 46 mil em 2023

Atualmente, salário dos magistrados é R$ 39,2 mil; remuneração serve como teto para os vencimentos ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: