Home / POLICIAL / Ronaldo confessa ter matado mulher por ciúme: “Não queria que ela fosse de mais ninguém”

Ronaldo confessa ter matado mulher por ciúme: “Não queria que ela fosse de mais ninguém”

Ronaldo de Souza Santos confessou à polícia, que vivia maritalmente com Sabrina há seis meses

Ronaldo foi preso na manhã de hoje em João Pessoa (Foto: Divulgação)

Ronaldo de Souza dos Santos, de 28 anos, suspeito de matar a facadas a sua ex-mulher Sabrina Sirino Rodrigues, 26 anos,  foi preso durante  nesta sexta-feira (27), pela Polícia Militar,  no centro da capital.

Ronaldo de Souza Santos confessou à polícia, que  vivia maritalmente com Sabrina há seis meses, desconfiava que ela pretendesse lhe deixar. “Foi ciúme. Não queria que ela fosse de mais ninguém”, disse.

O crime foi registrado pelas câmeras de segurança de uma casa na Avenida Maria Rosa, no bairro de Manaíra, Zona Norte da Capital.

A Polícia Civil ainda vai investigar de forma mais aprofundada os motivos do crime.

A vítima ainda chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Emergência e Trauma, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

Créditos: ClickPB

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook, e Instagram.
Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto: 

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

Tia abusa sexualmente da sobrinha de 9 anos, filma crime e vende vídeos, diz polícia

Na última segunda-feira, 18, uma mulher de 27 anos investigada pelo crime de estupro de ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: