Home / POLICIAL / Adolescente de 14 anos atira na cabeça de irmã de 10 anos

Adolescente de 14 anos atira na cabeça de irmã de 10 anos

Segundo a Polícia Militar, a arma pertenceria a um menor de 16 anos

recém-saído do CEA, que teria conseguido a pistola para se vingar de uma cunhada

A vítima foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena

Uma menina de 10 anos de idade foi baleada pela própria irmã, de 14 anos, na tarde desta segunda-feira (20), no Jardim Planalto, em João Pessoa. O estado dela é grave. De acordo com o coronel Alcântara, da Polícia Militar, o tiro teria acontecido acidentalmente durante uma ‘brincadeira’ entre as irmãs.

A arma pertence a outro adolescente de 16 anos, que saiu recentemente do Centro Educacional do Adolescente (CEA). Ele teria pedido a namorada para esconder a arma.

Segundo a PM, as irmãs estavam sozinhas em casa no momento do disparo. A vítima foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital, em estado grave. Já o dono da arma, que estava chegando ao local, tentou fugir quando percebeu toda a movimentação na residência, mas foi apreendido pelos policiais.

Os dois adolescentes foram levados para a Delegacia do Menor, em João Pessoa. O dono da arma vai responder por porte ilegal de armas e a menor que atirou contra a irmã, por tentativa de homicídio culposo.

Negligência – A mãe das meninas está neste momento prestando esclarecimentos à polícia. As irmãs estavam sozinhas em casa no momento do disparo.

O hospital de Trauma ainda não divulgou boletim sobre o estado de saúde da criança de 10 anos.

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook, e Instagram.
Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto: 

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

Tia abusa sexualmente da sobrinha de 9 anos, filma crime e vende vídeos, diz polícia

Na última segunda-feira, 18, uma mulher de 27 anos investigada pelo crime de estupro de ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: