Home / POLICIAL / Três homens são presos acusados de um homicídio no bairro do Rangel em 2016

Três homens são presos acusados de um homicídio no bairro do Rangel em 2016

De acordo com o delegado de homicídios Bruno Victor Germano,

“eles alegam que não participaram do homicídio, mas a motivação é guerra de tráfico”

Na casa de um deles a polícia ainda apreendeu 21 pinos de cocaína, mais de R$ 5 mil em dinheiro e um veículo (Foto: Divulgação)

Dois homens foram presos na manhã desta quinta-feira (20) no bairro do Rangel em João Pessoa acusados de participar de um homicídio em junho de 2016. De acordo com o delegado de homicídios Bruno Victor Germano, “eles alegam que não participaram do homicídio, mas a motivação é guerra de tráfico”.

Alan Bernardino dos Santos, de 24 anos, e José Santiago Lisboa Marinho, de 21 anos, foram presos em suas residências no bairro do Rangel. Na casa do primeiro a polícia ainda apreendeu 21 pinos de cocaína, mais de R$ 5 mil em dinheiro e um veículo. Na última terça-feira (18) havia sido preso o primeiro suspeito do crime, Lelinaldo José.

Os três são acusados do homicídio de Ozenaldo Bandeira dos Santos Junior, que aconteceu no ano passado. Depois de investigar o crime a polícia indiciou os acusados e os mandados de prisão foram expedidos no fim do mês de março.

Os acusados do crime estão detidos na carceragem da Central de Polícia, no bairro do Geisel, onde estão à disposição da polícia. “Vou analisar e pedir uma preventiva para eles irem ao presídio”, afirmou o delegado Bruno Victor Germano.

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.
Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto: 

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

Tia abusa sexualmente da sobrinha de 9 anos, filma crime e vende vídeos, diz polícia

Na última segunda-feira, 18, uma mulher de 27 anos investigada pelo crime de estupro de ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: