Home / POLICIAL / Abraço ao filho baleado, pai corre pela rua pedindo socorro, mas garoto morre no Trauma, em João Pessoa

Abraço ao filho baleado, pai corre pela rua pedindo socorro, mas garoto morre no Trauma, em João Pessoa

Um adolescente foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (14), na Comunidade de Baleado, em Cruz das Armas, zona oeste de João Pessoa. A vítima foi identificada como Joedson Ferreira Santos, de 17 anos. Ele foi atingido por cinco disparos e socorrido pelo pai em carro particular para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

 

O carro chegou a quebrar a caminho do hospital e o pai da vítima tentou parar até um ônibus para pedir ajuda. Uma pessoa ofereceu carona e eles seguiram para o Trauma escoltados por uma viatura policial que encontraram no trajeto. O adolescente chegou a dar entrada no pronto socorro, mas não resistiu e veio a óbito.

 

Com a camisa cheia de sangue, o pai revelou que o filho não tinha envolvimento com o crime, e ainda sem saber que o filho tinha morrido disse que não lavaria a camisa ensanguentada caso o adolescente morresse.

 

“Não vou lavar essa camisa se meu filho morrer, é sangue do meu filho”, disse aflito.

 

Suspeitos

 

A polícia recebeu a informação que o suspeito de cometer o crime estaria na praça Bela Vista, no bairro dos Funcionários, também na capital paraibana.

 

A equipe da Força Regional foi enviada ao local e deteve dois rapazes que condiziam com as características da denúncia. Eles foram encaminhados para a Central de Polícia para prestar depoimento.

 

A prisão foi feita pelo Sargento Auricio da Força Regional, o jovem não confessou o crime. A polícia segue com as investigações.

 

 

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto: 

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

Polícia Federal cumpre 48 mandados contra acusados de tráfico interestadual na Paraíba e mais 12 estados

As ordens judicias foram expedidas pela Vara de Entorpecentes de Campina Grande/PB, após manifestação favorável ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.