Home / POLICIAL / Filho de juiz é preso acusado de praticar assaltos na orla de João Pessoa

Filho de juiz é preso acusado de praticar assaltos na orla de João Pessoa

Além do veículo roubado. foi encontrado com o suspeito, um relógio roubado, dinheiro e uma

pequena quantidade de maconha, que de acordo com os policiais, não caracteriza tráfico de drogas

O suspeito é Willy Hiahena Brasilino, de 22 anos, e é estudante universitário. (Foto: Reprodução)

O filho de um juiz eleitoral da Paraíba foi preso na madrugada desta segunda-feira (18) acusado de realizar vários assaltos na orla da Capital. O suspeito é Willy Hiahena Brasilino, de 22 anos, e é estudante universitário.

 

De acotdo com a Polícia Militar, o homem foi encontrado em um veículo roubado no bairro do Bessa. Durante a abordagem houve troca de tiros, ele tentou fugir, mas foi detido em casa. Na delegacia, o acusado se recusou a prestar depoimento e informou que só falaria em juízo.

Filho do juiz passou por exames de corpo de delito e foi conduzido para Central de Polícia em João Pessoa (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Além do veículo roubado. foi encontrado com o suspeito, um relógio roubado, dinheiro e uma pequena quantidade de maconha, que de acordo com os policiais, não caracteriza tráfico de drogas.

 

Ele está recolhido na carceragem da Central de Flagrantes. Após a audiência de custódia, será decido se o homem responderá pelos possíveis crimes detido ou em liberdade.

 

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto: 

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

Adolescente é preso na Inglaterra por matar e tentar decapitar amigo de 11 anos

Caso aconteceu em dezembro de 2020 e permaneceu em anonimato até então pela idade dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.