Home / POLICIAL / Motoristas furtam combustível na distribuidora e completam carga com água, em Cabedelo

Motoristas furtam combustível na distribuidora e completam carga com água, em Cabedelo

Somente nesta ação, foram apreendidos mais de 600 litros de combustível (Foto: Reprodução/ Whatsapp)

A polícia foi acionada para averiguar a denúncia e flagrou o motorista de um caminhão realizando a distribuição ilegal a partir de seu próprio veículo.

Um grupo de motoristas foi flagrado na noite dessa segunda-feira (05) supostamente furtando combustível de uma distribuidora localizada na cidade de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. Segundo informações da polícia, os suspeitos estariam completando a carga com água, para encobrir a retirada do combustível.

 

A polícia foi acionada para averiguar a denúncia e flagrou o motorista de um caminhão realizando a distribuição ilegal a partir de seu próprio veículo. Os veículos estavam com baldes cheios de combustível e no local havia uma fila para “abastecer”.

 

Somente nesta ação, foram apreendidos mais de 600 litros de combustível. O motorista do caminhão vendia a gasolina de forma irregular. O caso foi registrado na Central de Flagrantes.

 

Apesar do flagrante, não foi realizada nenhuma prisão.

 

Na semana passada foi lavrado um flagrante pelo mesmo crime. Segundo o delegado Ademir Fernandes, delegado seccional de Cabedelo, não é raro acontecer esse tipo de ação criminosa em Cabedelo, mas a polícia não tem condições de fiscalizar todo o tempo, para flagrar o furto. “Quando a polícia se aproxima, eles se dispersam”, disse, afirmando ainda que se trata de um crime de difícil comprovação.

 

Além do crime de furto, a subtração do combustível configura também crime ambiental e crime contra a economia popular.

 

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

PF reabre inquérito sobre facada em Bolsonaro e vai analisar celular do advogado de Adélio Bispo

O delegado Rodrigo Morais Fernandes vai analisar os dados bancários e o conteúdo do celular ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.