Home / POLICIAL / Polícia investiga se desaparecimento de menino está ligado a acerto de contas entre facções, em João Pessoa

Polícia investiga se desaparecimento de menino está ligado a acerto de contas entre facções, em João Pessoa

 O menino Guilherme Marinho, de 7 anos, desaparecido da comunidade do Taipa, no bairro Costa e Silva, em João Pessoa, pode estar ligado a briga entre facções ou acerto de contas. Essa é uma das linhas de investigações do delegado encarregado do caso, Reinaldo Nóbrega. Ele investiga a possibilidade do menino ter sido pego por retaliação ao pai do garoto.

 

A mãe do garoto acredita que o filho tenha sido sequestrado por uma facção rival ao qual o pai dele pertencia. O pai de guilherme está preso há cerca de um mês no presídio do Róger, por tráfico de drogas.

 

“A gente deu encaminhamento às diligências, coloquei uma equipe grande de investigações para colher informações, mas infelizmente as informações que nós estamos recebemos são muito poucas”, disse, afirmando que todas as informações estão sendo checadas.

 

Outra linha de investigação, segundo informou o delegado, é a própria facção ao qual o pai de Guilherme pertence ter pego o menino por vingança pela apreensão das drogas.

Guilherme foi visto pela última vez na rua onde morava, brincando com amigos. O menino está desaparecido desde o sábado (11), e na segunda-feira (12) moradores do bairro Costa e Silva fecharam um trecho da BR-101 apelando por notícias da criança.

 

A polícia também pediu para que quem tiver informações ligue para o 197. O delegado disse que não quer acreditar que a criança foi vítima de acerto de contas com o pai, tachando a atitude de covardia: “se for problema com o pais resolva com o pai”, afirmou.

 

A polícia realizou uma operação nos conjuntos Colinas do Sul e Grotão depois que a mãe recebeu uma informação de que Guilherme, estaria sendo mantido em cárcere privado ou até mesmo morto em uma mata, mas nada foi encontrado.

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

Adolescente é preso na Inglaterra por matar e tentar decapitar amigo de 11 anos

Caso aconteceu em dezembro de 2020 e permaneceu em anonimato até então pela idade dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.