Home / BRASIL / Em meio a protestos, Petrobras anuncia redução no preço da gasolina e do diesel

Em meio a protestos, Petrobras anuncia redução no preço da gasolina e do diesel

Caminhoneiros fazem protesto, pelo segundo dia consecutivo, devido ao aumento do diesel.

Em meio a discussões sobre o aumento no preço dos combustíveis e protestos de caminhoneiros, a Petrobras anunciou uma redução no preço da gasolina em 2,08% e o do diesel em 1,54% a partir desta quarta-feira (23).

 

Ministros do Governo Temer se reuniram com a Petrobras na terça-feira (22) para analisar o preço dos combustíveis.

 

Segundo informou a Petrobras, o preço da gasolina nas refinarias cairá de R$ 2,0867 o litro para R$ 2,0433 a partir desta quarta. Já o preço do diesel será reduzido de R$ 2,3716 para R$ 2,3351.

 

Desde julho do ano passado o Governo Federal mudou a forma de ajuste dos preços da gasolina e do diesel. Os valores passaram a acompanhar o valor dos commodities no mercado internacional e a cotação do dólar. Apenas no mês de maio deste ano, já foram anunciadas 10 altas e 5 quedas no preço do litro do diesel. No caso da gasolina foram 12 altas, 2 quedas e uma estabilidade.

 

Pelo segundo dia consecutivo houve protesto de caminhoneiros em rodovias estaduais e federais da Paraíba. Nesta terça-feira (22), conforme informação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o protesto ocorre nos trechos das BRs-230 e 104, em Campina Grande, na área do entrocamento da Alça Sudoeste e, também na BR-110 na cidade de Monteiro.

 

Reunião sobre os reajustes nos combustíveis

 

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, se reuniu com os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e de Minas Energia, Moreira Franco, nesta quarta-feira (22), em Brasília, no Ministério da Fazenda para esclarecer a política de precificação adotada pela estatal.

 

Segundo Parente, a reunião teve o objetivo de dar informações sobre a dinâmica de mercado. Perguntado se a redução dos preços da gasolina e do diesel, anunciada hoje pela empresa, foi feita por pressão política, Parente explicou que a decisão foi tomada em função da queda do dólar nesta terça-feira (21).

 

“A redução de hoje é simples de entender: houve uma redução importante de câmbio. É a prova de que essa política tanto funciona na direção de subir os preços quanto de cair os preços. O Banco Central interveio com mais intensidade no mercado ontem, houve uma redução de câmbio e isso foi refletido no preço de hoje”, disse o presidente da Petrobras.

 

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Desertores do Mais Médicos lutam na Justiça por trabalho no Brasil

Pelo menos 150 médicos cubanos desertores do programa federal Mais Médicos lutam na Justiça para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.