Home / POLICIAL / Menina de 10 anos é estuprada e morta dentro de casa

Menina de 10 anos é estuprada e morta dentro de casa

Uma menina de 10 anos foi estuprada e morta dentro de casa na última quinta-feira (17), em Camaçari, região Metropolitana de Salvador, na Bahia. A polícia apreendeu o suspeito, um jovem de 17 anos, no sábado (19) e afirmou que ele monitorava a vítima havia cerca de dois meses.

 

Milena Alves morava com a mãe e os quatro irmãos e costumava voltar da escola para casa por volta de meio-dia, onde passava a tarde sozinha. Ao UOL, a polícia informou que a mãe só percebeu que a menina, que estava deitada e semicoberta, não estava dormindo quando a tocou e ela estava gelada.

 

“Havia vestígios de luta corporal no banheiro. As lesões corporais eram compatíveis com o autor, com marcas nos braços, e a vítima”, afirmou Ricardo Nery, coordenador do Departamento de Polícia Técnica (DPT). De acordo com a perícia, o criminoso deu dois socos na criança, a estrangulou porque “gritava muito” e a ajeitou na cama como se estivesse dormindo.

Segundo a delegada Maria Thereza Santos Silva, da 4ª Delegacia de Homicídios de Salvador, responsável pelo caso, a polícia chegou até o jovem por meio de uma denúncia. Em uma casa abandonada, atrás de onde a criança morava, ficavam todas as tardes quatro rapazes usando drogas. A polícia foi até o local e encontrou uma bermuda e uma cueca sujas de sangue.

 

A delegada, então, pediu que os quatro fossem levados para prestar depoimento, mas um deles não foi encontrado. O jovem de 17 anos só foi achado e apreendido em Mata de São João, uma cidade vizinha também na Região Metropolitana de Salvador. O suspeito confessou o assassinato imediatamente e declarou que seu objetivo inicial era roubar a casa, “mas ele se contradisse quando contou que monitorava a criança já há dois meses”, relatou a delegada.

 

O jovem, de nome não divulgado, está detido e deverá fazer 18 anos em menos de um mês.

 

 

Fonte: Bol

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Pai tira virgindade da filha e diz que é forma dela retribuir a alimentação

Para a polícia, a vítima ainda contou que o pai tirou a virgindade dela aos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.