Home / BRASIL / Após soltura de Temer, Marcelo Bretas publica nas redes: ‘silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos’

Após soltura de Temer, Marcelo Bretas publica nas redes: ‘silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos’

Marcelo Bretas, juiz federal
Marcelo Bretas, juiz federal Foto: Reprodução/Instagram

Um dia após o ex-presidente Michel Temer ser solto, o juiz Marcelo Bretas, que havia determinado a prisão preventiva dele na semana passada, usou as redes sociais para publicar a seguinte mensagem:

“O silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos, porque onde a ignorância fala, a inteligência não dá palpites”. Na postagem, o juiz ainda desejou um bom dia “aos brasileiros de bem”.

Ver imagem no Twitter

Marcelo Bretas

@mcbretas

Um bom dia aos brasileiros de bem.

A decisão de conceder liberdade a Temer, ao ex-ministro Moreira Franco e a outras seis pessoas presas por determinação de Bretas foi do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). De acordo com Athié, os fatos citados pelo juiz federal nos mandados de prisão são “suposições de fatos antigos” e não servem para justificar as prisões preventivas.

Nascido em Nilópolis, na Baixada Fluminense, Marcelo Bretas, de 49 anos, é bastante assíduo nas redes sociais.

No perfil do instagram onde ele também publicou a frase nesta manhã, o juiz exibe a paixão pela musculação, pelo Flamengo, pela música (ele toca bateria e até trabalha com fones no ouvido) e pela família. Pai de dois filhos, o mais velho deles cursa Engenharia numa faculdade privada, é casado com a também juiza Simone Diniz Bretas.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Veja Também

Desemprego fica estável em 25 estados e no DF no 1º trimestre

Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro amargaram as maiores taxas de desocupação entre janeiro e ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: