Home / POLICIAL / “ÁGUA SANTA”: homem é preso suspeito de se passar por médico e vender água falsificada

“ÁGUA SANTA”: homem é preso suspeito de se passar por médico e vender água falsificada

Um homem  foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (15), acusado de se passar por médico naturopata no Distrito de Jacumã, no município do Conde,  durante uma fiscalização coordenada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon). Ele vendia ilegalmente água adulterada, com supostos fins medicinais.
A empresa funcionava clandestinamente em um imóvel residencial no bairro de Jacumã, conforme o MP-Procon. Segundo fiscais que participaram da ação, o produto da marca “Alcalin” era uma mistura da água da rede de abastecimento, da Cagepa, com água mineral, que era filtrada e recebia substâncias, como cloreto de sódio e de magnésio.
 A água já vinha sendo comercializa desde fevereiro, em Jacumã, a “pacientes” do falso médico e em mercadinhos e postos de combustíveis locais. Foram apreendidos recibos, mostrando que um galão de 20 litros do produto era vendido a R$ 8,00. A Agevisa apreendeu galões de 20 litros, 5 litros, 3 litros do produto, além de garrafinhas de 500 ml da água adulterada.
O rótulo do produto, conforme o Programa, também era falsificado e informava que a água era alcalina e medicinal, além de ter inscrito a frase “o câncer jamais se desenvolve em ambiente alcalino”, o que induzia os consumidores a acreditarem nas propriedades terapêuticas do produto.
De acordo com o promotor de justiça Glauberto Bezerra, diretor do MP-Procon, o suspeito já responde a processos por crimes de estelionato e falsificação em São Paulo.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Najila, que denunciou Neymar, é acusada de difamação por dizer que polícia está ‘comprada’

Advogado carrega Najila depois do depoimento Foto: Amanda Perobelli / Reuters SÃO PAULO – A ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.