Home / POLICIAL / Pai suspeito de estuprar filha corre atrás dela com facão; veja vídeo

Pai suspeito de estuprar filha corre atrás dela com facão; veja vídeo

A Polícia Civil de Goiás vai investigar o caso de uma adolescente de 15 anos que foi filmada correndo do próprio pai, de 44, que a perseguia pelas ruas da cidade de Goiânia com um facão.

Câmeras do circuito de segurança de um prédio registraram o momento em que a garota foge do agressor e é atingida por ele. O homem foi preso, mas negou ter tentando ferir a menina. Denunciado por estuprá-la, também disse não ter cometido o crime.

Segundo a Polícia Civil, a menina de 15 anos contou ter deixado a casa dos pais sem explicada nada para a mãe depois de ter sido estuprada pelo genitor no dia 10 de maio. Ela foi morar na residência de uma amiga, mas resolveu ir até o local onde morava para visitar os irmãos.

Quando deixava o endereço, a adolescente deu de cara com o pai, que chegava à casa da família de carro. Nas imagens do circuito de segurança, é possível vê-lo descer do veículo já com o facão. Uma outra menina segue os dois e fica espantada ao ver o homem atacando a filha.

O pai da adolescente só foi localizado porque usa tornozeleira eletrônica. Ele cumpria pena por receptação no regime semiaberto e foi preso no mesmo dia em que a filha denunciou a agressão e o estupro sofrido anteriormente. O homem será indicado pelo crime de lesão corporal, mas vai responder pelo crime em liberdade. A suspeita de abuso, por sua vez, será investigada.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Najila, que denunciou Neymar, é acusada de difamação por dizer que polícia está ‘comprada’

Advogado carrega Najila depois do depoimento Foto: Amanda Perobelli / Reuters SÃO PAULO – A ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.