Home / Sem categoria / Sem injeções letais, estado dos EUA obriga condenados a escolherem cadeira elétrica ou fuzilamento

Sem injeções letais, estado dos EUA obriga condenados a escolherem cadeira elétrica ou fuzilamento

Penitenciária na Carolina do Sul
Penitenciária na Carolina do Sul Foto: Reprodução/Facebook(South Carolina Department of Corrections)

A Carolina do Sul (EUA) autorizou execuções com pelotão de fuzilamento para combater a escassez de drogas injetáveis ​​letais.

O estado se junta a Utah, Oklahoma e Mississippi na permissão ao uso de pelotões de fuzilamento na lista de métodos de execução, ao lado da injeção letal e da cadeira elétrica, de acordo com o Centro de Informações sobre Pena de Morte dos EUA.

O Senado da Carolina do Sul aprovou o projeto por 32 votos a favor e 11 contra, atraindo o apoio bipartidário de vários democratas ao lado dos seus colegas republicanos. A decisão dará prosseguimento a uma série de execuções que foram adiadas por quase 10 anos, contou o site “Unilad”.

Desde 2013, o estado não possui os medicamentos necessários – pentobarbital, brometo de pancurônio e cloreto de potássio – para realizar injeções letais. Embora tenha havido alguns suprimentos, eles já expiraram e as autoridades não conseguiram comprar mais.

O motivo pelo qual isso afetou as datas de cumprimento das execuções é porque os prisioneiros no corredor da morte podem escolher o método pelo qual serão mortos. Nos últimos anos, os presidiários muitas vezes escolheram a injeção letal, sabendo que sua execução seria adiada devido à falta do produto.

No entanto, o novo projeto do Senado elimina essa opção. Agora, se um prisioneiro opta pela injeção letal e ela não está disponível, ele tem que automaticamente escolher entre a cadeira elétrica ou a morte por fuzilamento.

A Carolina do Sul é um dos nove estados dos EUA que ainda usam a cadeira elétrica, ao lado de Alabama, Arkansas, Flórida, Kentucky, Mississippi, Oklahoma, Tennessee e Virgínia. A cadeira elétrica usada ainda é a mesma de 1912, depois de ter sido introduzida como um método supostamente “mais humano” do que o enforcamento.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Veja Também

Casal flagrado fazendo sexo na Praia leva multa por não usar Máscara

Um casal, flagrado fazendo sexo em uma praia em Rishon Lezion, no sul de Israel, ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: