Home / CIDADES / Caso Expedito Pereira: Sobrinho e mais dois acusados do assassinato do ex-prefeito de Bayeux vão a júri popular

Caso Expedito Pereira: Sobrinho e mais dois acusados do assassinato do ex-prefeito de Bayeux vão a júri popular

O caso Expedito Pereira ganhou um novo capítulo. Os três acusados de planejar o assassinato do ex-prefeito de Bayeux, incluindo um sobrinho da vítima, irão a responder pelo crime no júri popular.

A decisão foi proferida nessa segunda-feira (16) pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de João Pessoa.

Expedito Pereira foi morto a tiros no dia 9 de dezembro de 2020 enquanto caminhava em uma rua do bairro de Manaíra, na capital paraibana.

Leon Nascimento dos Santos, Gean Carlos da Silva Nascimento e José Ricardo Alves Pereira foram denunciados pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) pela suspeita do planejamento e da execução do crime. José Ricardo, sobrinho de Expedito, é apontado como o mandante do assassinato, segundo investigações.

No inquérito policial, Ricardo foi acusado de querer matar o tio para não repassar valores altos da venda de um imóvel em Bayeux. Segundo a Policia Civil, o sobrinho era quem cuidava da vida financeira do tio Expedito Pereira. Gean é apontado por emprestar a moto usada por Leon, que ficou responsável pela execução.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Veja Também

João Pessoa tem mais de 600 vagas de emprego nesta semana

O Sine-JP disponibiliza esta semana, a partir desta segunda-feira (23) até esta sexta (27), 610 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.