Home / GERAL / DITADURA DA TOGA: Jornalista conservador é preso a mando de Ministro do STF Alexandre de Moraes

DITADURA DA TOGA: Jornalista conservador é preso a mando de Ministro do STF Alexandre de Moraes

O jornalista Wellington Macedo foi preso após determinação do STF – Foto: Reprodução/Internet

Wellington Macedo de Souza foi preso nesta sexta-feira (3), no inquérito aberto para investigar manifestações no feriado de 7 de Setembro.

A Polícia Federal prendeu, nesta sexta-feira (3), o jornalista Wellington Macedo de Souza, no inquérito aberto para investigar a organização de manifestações no feriado de 7 de Setembro.

A ordem de prisão foi expedida pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), a pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República).

“A medida, cumprida em Brasília, tem o objetivo de aprofundar investigações em curso nos autos de inquérito que tramita naquela Corte”, informou a Polícia Federal.

O jornalista já havia sido alvo de buscas no dia 20 de agosto, durante operação que teve como alvo também o cantor Sérgio Reis. Ele também teve o canal de notícias na internet e o perfil em uma rede social suspensos na investigação.

Macedo se apresenta nas redes sociais como jornalista e coordenador nacional da Marcha da Família. Entre fevereiro e outubro de 2019, ocupou o cargo de assessor da Diretoria de Promoção e Fortalecimento dos Direitos da Criança e do Adolescente, no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Ele foi apontado pela PGR como um dos responsáveis pela “divulgação de ato violento e antidemocrático previsto para o feriado”.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Veja Também

Governo Federal libera novo saque da 5ª parcela do auxílio; valores chegam a R$ 375

Fachada da agência da Caixa Economica Federal, na Avenida Amaral Peixoto, em Niterói. A partir ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.