Home / MUNDO / Menino indiano vai à polícia para ‘denunciar’ colega de escola por ‘roubo’ de lápis; vídeo

Menino indiano vai à polícia para ‘denunciar’ colega de escola por ‘roubo’ de lápis; vídeo

Menino procurou delegacia na Índia para 'denunciar' colega de classe
Menino procurou delegacia na Índia para ‘denunciar’ colega de classe Foto: Twitter @APPOLICE100 / Reprodução

Um menino foi até uma delegacia na Índia para “denunciar” um colega de classe por “roubo” de lápis na escola. O momento em que as crianças apresentaram a situação aos policiais foi filmado, mostrando os agentes tentando fazê-las chegar a um acordo.

O vídeo dessa cena foi publicado no perfil do Twitter da Polícia de Andhra Pradesh na última quinta-feira e vem divertindo internautas, já tendo sido visto mais de 38 mil vezes. Nas imagens, o estudante de camisa xadrez se identifica como a “vítima”, enquanto o “acusado” seria o menino de camisa verde.

O garoto de camisa xadrez contou aos policiais que decidiu tomar uma providência após o outro ter pego seus lápis várias vezes e, com isso, insistiu que fosse aberto um processo contra o colega. Um dos agentes então pediu que ele pensasse duas vezes antes de tomar essa atitude, justificando, sarcasticamente, que o menino de camisa verde seria enviado à prisão, o que tornaria a vida dele muito difícil.

Ao redor dos envolvidos no caso, havia outras crianças que assistiram à situação toda em meio a risadas.

Por fim, a “vítima” e o “acusado” aparentemente fizeram as pazes com um aperto de mão, recebendo conselhos dos policiais para terem uma bom comportamento na escola e estudarem com responsabilidade.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Veja Também

PESQUISA FAKE: Pesquisa que aponta vitória de Lula em 1° turno foi paga por banco que já foi citado em delação premiada

Banco Genial, novo nome do Brasil Plural, pagou mais de 260 mil reais por pesquisas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.