Home / CIDADES / Município de Bayeux terá escola Cívico Militar em 2022

Município de Bayeux terá escola Cívico Militar em 2022

O anúncio foi feito na última quarta-feira (15), aniversário de Bayeux, pelo diretor de Políticas para Escolas Cívico Militares do MEC, Gilson Passos.

O MEC já iniciou as tratativas com a Secretaria de Governo e Gestão e a Secretaria de Educação para viabilizar a implantação da primeira escola cívico-militar de Bayeux em 2022. (Foto: Reprodução)

O município de Bayeux foi incluído este mês no Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (PECIM) que é uma iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares.

O anúncio foi feito na última quarta-feira (15), aniversário de Bayeux, pelo diretor de Políticas para Escolas Cívico-Militares do MEC, Gilson Passos, em contato com a prefeita Luciene Gomes e o secretário de Governo e Gestão, Leo Micena.

“Esse anúncio é um verdadeiro presente de aniversário para Bayeux. Uma escola com esse padrão e metodologia de ensino é um grande sonho para todos nós bayeuxenses. Estou extremamente feliz e realizada com essa notícia que recebi do Ministério da Educação. É uma grande vitória. Deus sabe o quanto lutamos por isso nas nossas viagens a Brasília mostrando a realidade e necessidade de nossa cidade em ter esse equipamento educacional”, declarou a prefeita Luciene Gomes.

O MEC já iniciou as tratativas com a Secretaria de Governo e Gestão e a Secretaria de Educação para viabilizar a implantação da primeira escola cívico-militar de Bayeux em 2022.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Portal 2015 – Opções do Post

Veja Também

Prefeito Emerson Panta privatiza água, tira CAGEPA e deixa População sem água na torneira

Cagepa diz que foi obrigada judicialmente a repassar serviços para a Prefeitura de Santa Rita ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: