Home / POLITICA / ‘Quem tem mais de 30 anos não pode se enganar com o PT’, diz Bolsonaro

‘Quem tem mais de 30 anos não pode se enganar com o PT’, diz Bolsonaro

‘Você pode até me criticar, mas qual opção que você tem depois de mim?’, questionou o presidente da República, em entrevista exclusiva ao Morning Show, da Jovem Pan.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, nesta terça-feira, 11, que “quem tem mais de 25, 30 anos não pode se enganar com o PT“. A declaração foi dada em entrevista exclusiva ao programa Morning Show, da Jovem Pan.

“Quem tem mais de 25, 30 anos não pode se enganar com o PT. Quem tem mais de 35 anos, viveu de 2003 para cá e viu o que aconteceu. Você vai querer voltar à cena do crime com esses caras? Vai dizer para eles ‘o que você roubou foi pouco, não valeu, pode roubar de novo’”, disse o chefe do Executivo federal. Pesquisa Datafolha divulgada no início da segunda quinzena de dezembro mostra Bolsonaro atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na corrida pelo Palácio do Planalto.

De acordo com o levantamento, se a eleição fosse hoje, o petista venceria em primeiro turno. “Lula vem dizendo certas barbaridades, tipo desarmar população, regular a mídia. Acho que posso até falar ‘essa comida não presta, não quero, vou jogar fora’, mas o que tem aí? Tem sanduíche de mortadela? Então, você pode até me criticar, mas qual opção que você tem depois de mim? Quem vem no meu lugar? Tem gente melhor do que eu? Quem vem no meu lugar?”, acrescentou em outro momento.

Na entrevista ao Morning Show, Bolsonaro também criticou “acordos” feitos entre Legislativo e Executivo nos governos do PT.

“Olha como eram feitos os acordos entre Executivo e Legislativo. Era comum ver ‘tal partido ganhou mais um ministério, outro perdeu’. Eu era deputado e, no plenário, nas votações difíceis, chegava a lista de fidelidade. Sabe o que é isso? Durante a votação, chegava o partido e dizia ‘nosso partido deu 90% de voto para o governo, esse outro deu 70% e tem um ministério a mais do que eu. Vão para cima do presidente’. Era assim o negócio”, disse.

Na sequência, porém, o presidente da República afirmou que em seu governo “todos estão ganhando” e citou a distribuição das emendas de relator, as RP9, conhecidas como “orçamento secreto”.

“Hoje em dia, todos estão ganhando. Além das emendas impositivas, de 15 milhões [de reais] por ano, tem outra forma de conseguir recurso, a RP9, que o parlamentar está bem atendido. Só em RP9, os parlamentares têm quase o triplo de recursos do Ministério da Infraestrutura, do Tarcísio. Então, o Parlamento está muito bem atendido conosco. O Parlamento vai querer mudar isso aí?”, seguiu o mandatário do país.

Em novembro do ano passado, por 8 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a execução do chamado orçamento secreto.

A transparência deste tipo de emenda é questionada em ações na Corte e no Tribunal de Contas da União (TCU) – ao contrário das emendas individuais, que seguem critérios definidos, as RP9 beneficiam somente alguns deputados e senadores.

A oposição denuncia a prática e afirma que o mecanismo tem sido utilizado como compra de votos. O pagamento foi liberado no início de dezembro pela ministra Rosa Weber.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98669-7489

Veja Também

Após Bolsonaro anunciar em ‘live’, governo vai ao STF contra estados por ICMS do diesel

AGU quer suspender decisão do Confaz, que driblou a criação de alíquota única. Litro do ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: