Home / PARAÍBA / Aesa registra chuvas acima da média em menos de 24 horas em João Pessoa

Aesa registra chuvas acima da média em menos de 24 horas em João Pessoa

Aesa registra chuvas acima da média em menos de 24 horas em João Pessoa

Foto: Walla Santos

Nuvens vindas do Oceano Atlântico provocaram fortes chuvas durante a madrugada desta sexta-feira (2) nas regiões do Litoral, Brejo e Agreste. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), das 9 h da manhã de quinta-feira (1) até o mesmo horário desta sexta-feira (2) foram registrados 37,7 milímetros. O valor equivale a mais da metade do esperado para janeiro, já que a média histórica durante o primeiro mês do ano na Capital é de 72,3 milímetros.

De acordo com o gerente de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno, esta quantidade de chuva em apenas 24 horas é atípica nesta época do ano e o tempo instável não deve se estender durante o final de semana.  “Acreditamos que até o final do sábado as chuvas diminuam gradualmente no Litoral e no Brejo. A instabilidade climática vinda do Atlântico não é comum e não deve ser duradoura. Já no Agreste deve continuar chovendo”, informou.

A previsão para a noite desta sexta-feira é de céu com muitas nuvens em praticamente todo o estado. “A circulação dos ventos em baixos níveis da atmosfera deixa o tempo instável, principalmente entre as regiões do Litoral e Agreste. A temperatura mínima será de 20°C e deve ser registrada no Brejo, Agreste e Cariri”, informou a meteorologista da Aesa, Carmem Becker.

A perspectiva é de que neste sábado (3) nuvens carregadas de chuva cheguem às regiões Cariri, Curimataú e até ao Sertão. “A instabilidade vinda do Atlântico está enfraquecendo, por outro lado temos outro fenômeno meteorológico se formando na tarde desta sexta-feira. Ele está vindo do Sul do país e deve provocar precipitações no semiárido paraibano no sábado”, concluiu Magno.

 

Veja Também

País registra saldo de 277 mil novas vagas formais de trabalho, aponta levantamento do Caged

Em maio deste ano, o Brasil registrou um saldo de 277.018 novos empregos formais. Segundo ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: