Home / HI-TECH / PSOL entra com ação no TSE pedindo a suspensão Whatsapp em todo país

PSOL entra com ação no TSE pedindo a suspensão Whatsapp em todo país

Relatos de falsas agressões, pichações nazistas, calúnias, agressões, provocações e até uma tentativa de assassinato. Todas essas alternativas já foram usadas pela esquerda para impedir que o candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), ganhe a eleição deste ano.

 

Agora, o Partido Socialismo e “Liberdade” (PSOL) decidiu entrar com um pedido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta quinta-feira (18),  para censurar o aplicativo Whatsapp em todo o país. O partido quer a suspensão da ferramenta a partir do próximo sábado até o dia da votação do segundo turno. Os socialistas afirmam que o aplicativo está sendo usado para disseminação de notícias falsas.

 

“Desde o início das eleições essa Corte já tinha manifestado a preocupação com as chamadas fake news. Apesar da inicial preocupação, a verificação às vésperas do segundo turno de votações é que as notícias falsas não foram controladas, seja pelo TSE, seja pelo aplicativo de mensagens. As notícias falsas, difamatórias, mentirosas e de ódio grassaram país à fora numa quantidade incalculável e ajudaram a definir opções de voto e manifestações de apoio a determinados candidatos”, diz a representação do PSOL.

 

Na representação, o PSOL pede claramente que “seja suspenso o aplicativo em todo o território nacional a partir de sábado, dia 20/10/18, até o fim das eleições”. Com informações da Terça Livre

 

 

Paraíba em Minuto

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Samsung Galaxy Flex deve ter tela dobrável de 7,3 polegadas

Samsung Galaxy Flex teria duas telas OLED de 7,3 e 4,6 polegadas; display principal permite ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.