Home / HI-TECH / Para combater fake news, WhatsApp limita reenvios de mensagens a cinco contatos

Para combater fake news, WhatsApp limita reenvios de mensagens a cinco contatos

A companhia quer dificultar a difusão de notícias falsas pela plataforma
A companhia quer dificultar a difusão de notícias falsas pela plataforma Foto: Marcelo Theobald

JACARTA — Em mais um esforço para combater a difusão de notícias falsas, o WhatsApp anunciou nesta segunda-feira, dia 21, que as mensagens poderão ser encaminhadas para cinco contatos, de indivíduos ou grupos.

A medida reforça política adotada anteriormente, de limitar os encaminhamentos a 20 destinatários.

— Estamos impondo um limite de cinco mensagens em todo o mundo a partir de hoje — afirmou Victoria Grand, vice-presidente de Comunicações do WhatsApp, em evento em Jacarta.

Segundo Carl Woog, diretor de Comunicações da companhia, a atualização será lançada ainda nesta segunda-feira, primeiro para Android e depois para iOS.

O limite a cinco contatos já havia sido imposto a usuários na Índia em julho do ano passado, após uma série de linchamentos e homicídios provocados pela difusão de boatos pelo aplicativo. O anúncio foi feito na capital da Indonésia, que terá eleições gerais em abril.

A imprensa indiana informa que, segundo texto publicado blog da companhia — ainda não divulgado em outros países —, a decisão foi tomada após avaliação “cuidadosa” dos resultados do teste na Índia.

Como cada grupo pode ter até 256 membros, uma mensagem pode ser encaminhada para 1.280 usuários de uma vez, contra 5.120 seguindo a regra anterior. Dessa forma, a expectativa é que a imposição dessa dificuldade restrinja a difusão de notícias falsas pela plataforma.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.
Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Facebook, WhatsApp e Instagram serão integrados, confirma Zuckerberg

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, confirmou a integração do Messenger com o Instagram e o WhatsApp, comprados pela empresa dele ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.