Home / PARAÍBA / 46 cidades paraibanas estão em alerta de perigo por causa das chuvas

46 cidades paraibanas estão em alerta de perigo por causa das chuvas

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) ampliou a quantidade de cidades em alerta de risco por causa das chuvas na Paraíba.

Nesta manhã de quinta-feira (13), 33 cidades paraibanas estavam elencadas no alerta. Agora já são 46 cidades.

O alerta deverá vigorar pelo menos até às 10h desta sexta-feira (14), podendo ser prorrogado caso haja necessidade. Dentre as cidades, oito estão em alerta vermelho de grande perigo, e o aviso vale até às 19h de hoje (13). São elas:

  • Alhandra
  • Caaporã
  • Itabaiana
  • Juripiranga
  • Pedras De Fogo
  • Pilar
  • São José Dos Ramos
  • São Miguel De Taipu

A orientação é para que a população se proteja, desliguem os aparelhos elétricos e o quadro geral de energia, assim como observem as encostas e se mantenham abrigados.

Riscos Potenciais – De acordo com o Inmet, o alerta se refere a risco de alagamentos, deslizamentos de encostas, transbordamentos de rios, em cidades com tais áreas de risco.

Confira as cidades incluídas no alerta vermelho:

1. Alhandra
2. Araçagi
3. Baía Da Traição
4. Bayeux
5. Belém
6. Caaporã
7. Cabedelo
8. Caiçara
9. Caldas Brandão
10. Capim
11. Conde
12. Cruz Do Espírito Santo
13. Cuité De Mamanguape
14. Curral De Cima
15. Dona Inês
16. Duas Estradas
17. Gurinhém
18. Itabaiana
19. Itapororoca
20. Jacaraú
21. João Pessoa
22. Juripiranga
23. Lagoa De Dentro
24. Logradouro
25. Lucena
26. Mamanguape
27. Marcação
28. Mari
29. Mataraca
30. Pedras De Fogo
31. Pilar
32. Pirpirituba
33. Pitimbu
34. Pedro Régis
35. Riachão
36. Riachão Do Poço
37. Rio Tinto
38. Salgado De São Félix
39. Santa Rita
40. São José Dos Ramos
41. São Miguel De Taipu
42. Sapé
43. Serra Da Raiz
44. Sertãozinho
45. Sobrado
46. Tacima

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

JORNALISTAS AMORDAÇADOS? Câmara de Vereadores do Conde tenta censurar ‘Paraíba Já’ e SindJor se solidariza

O portal Paraíba Já realizou um protesto na noite de segunda-feira (10) após sofrer ataques ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.