Home / MUNDO / Vídeo: Goleiro de 17 anos morre após defender pênalti com o peito na Argentina

Vídeo: Goleiro de 17 anos morre após defender pênalti com o peito na Argentina

Ramón Ismael Coronel, de 17 anos, jogava na liga amadora na Argentina Foto: Reprodução / Twitter

Um jovem de 17 anos morreu durante um jogo Liga Regional Nortista, uma aliga amadora de futebol, na Argentina.

O goleiro Ramón Ismael Coronel, do Unión de Golondrina, sofreu um ataque cardiorrespiratório após defender uma cobrança de pênalti com o peito recebida durante a disputa de penalidades. A tragédia aconteceu no dia 10 de julho.

O jogador comemorou a defesa, mas caiu no gramado segundos depois. Ele chegou a ser levado ao hospital da cidade de Reconquista, que fica na província de Santa Fé, mas não resistiu. Nas redes sociais, circula um vídeo da última cobrança e do momento que o atleta passa mal.

Pepe@Pepe_AV12

Ramón Ismael Coronel un portero argentino de 17 años del club Unión de Golondrina, equipo que participa de la Liga Regional Norteña (ARG), falleció de un paro cardiorrespiratorio tras recibir un pelotazo en el pecho durante una definición por penaltis de un partido.

Que pena.

Em entrevista à agência estatal “Télam”, familiares do goleiro afirmaram que não havia ambulância no local do jogo. Ainda disseram que o menino foi levado em um carro particular para receber atendimento médico.

“A única coisa que eu posso dizer é que não entendo por que em um evento como esse não havia uma ambulância”, disse Eduardo Coronel, pai de Ramón, em entrevista ao jornal “Reconquista Hoy”.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

‘Popeye russo’ faz apelo por cirurgia para salvar os braços ‘deteriorados’

Kirill Tereshin, mais conhecido como ‘Popeye russo’ Foto: Reprodução No início deste ano, Kirill Tereshin, mais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.