Home / ENTRETENIMENTO / Sérgio Chapelin se despede do ‘Globo repórter’: ‘Saio com a sensação de dever cumprido’

Sérgio Chapelin se despede do ‘Globo repórter’: ‘Saio com a sensação de dever cumprido’

Chapelin esteve à frente do “Globo repórter” por 26 anos

Chapelin esteve à frente do “Globo repórter” por 26 anos Foto: João Cotta/Rede Globo/Divulgação

A voz e a presença inconfundível de Sérgio Chapelin como apresentador do “Globo repórter” nas noites de sexta-feira têm lugar garantido na memória do público e dos colegas de trabalho que acompanharam sua trajetória, há 26 anos.

O apresentador, que participou da estreia do programa na década de 1970, encerra seu ciclo à frente da atração nesta sexta-feira, dia 27, falando sobre a natureza selvagem da região do Serengeti, na África. A partir do próximo dia 4 de outubro, o “Globo repórter” será apresentado por Glória Maria e Sandra Annenberg.

— Estive na maior parte dessa história primorosa do “Globo repórter”, e isso me deixa muito feliz. Da primeira fase do programa, mais documental, passando pela fase em que éramos mais factuais, até o momento atual, quando falamos sobre todos os assuntos. Saio com a sensação de dever cumprido — diz Chapelin, que começou a carreira no rádio e também apresentou o “Jornal Nacional”. — Minha trajetória na televisão era tudo o que eu poderia desejar na vida. Sou muito grato ao público e aos colegas por todo esse carinho e simpatia. Eu me sinto muito honrado.

Gloria Maria dividiu com Chapelin a apresentação de alguns programas do “Globo repórter” e falou com carinho sobre o colega.

— Chapelin faz parte da minha vida. Começamos praticamente juntos. Cheguei aqui três anos depois dele e nunca nos separamos. Agora, são duas apresentadoras, cada uma com a sua trajetória e experiência. Nós não podemos substituí-lo porque não tem como. Vamos fazer uma coisa diferente — afirma Gloria Maria.

Para Sandra Annenberg, será uma honra substituir uma de suas maiores referências na profissão:

— Quando comecei no jornalismo da Globo, em 1991, fui a primeira apresentadora do tempo do “Jornal Nacional” e era chamada toda noite pelo Sérgio e pelo Cid Moreira. Ele é uma inspiração e me sinto honrada. Na verdade, o Sérgio é insubstituível. A voz dele ficará para sempre ecoando nos nossos ouvidos.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Chega ao fim o casamento de Fernanda Souza e Thiaguinho: “Relação se transformou numa linda amizade”

Fernanda Souza e Thiaguinho, juntos há oito anos e meio, se separaram; casal anunciou o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.