Home / MUNDO / Dezenas morrem em queda de avião em área residencial de Karachi, no Paquistão

Dezenas morrem em queda de avião em área residencial de Karachi, no Paquistão

Equipes de resgate cobrem o corpo de uma vítima retirada dos escombros do avião da Pakistan International Airlines que caiu em um bairro residencial em Karachi
Foto: ASIF HASSAN / STF

Um avião da Pakistan International Airlines que transportava mais de 100 pessoas e ia de Lahore para o Aeroporto Internacional de Jinnah, um dos mais movimentados do Paquistão, caiu em um bairro residencial em Karachi, a cerca de quatro quilômetros do aeroporto.

Karachi é a cidade mais populosa do Paquistão, capital da província de Sinde, no Sul do país. Pelo menos 41 corpos foram retirados. Não se sabe ainda se todos são de passageiros ou se há algum morador entre os vítimas.

A aeronave levava 91 passageiros e oito tripulantes. Uma emissora de televisão local mostrou a imagem de um bebê, da comunidade da Colônia Modelo, em Karachi, sendo retirado dos escombros.

Pelo menos um passageiro, um banqueiro, Zafar Masud, sobreviveu à queda e conversou com autoridades no hospital, segundo informou o porta-voz do governo da província, Abdur Rashid Channa.

Várias famílias chegaram a contar que foram contactadas por parentes que viajavam no avião e que estavam vivos.

Editoria de Arte
Editoria de Arte Foto: O Globo

— Muito obrigado. Deus tem sido misericordioso — disse o passageiro, segundo a declaração do governo.

Seemin Jamali, diretor executivo do Hospital Jinnah, que fica nas proximidades do local do acidente, disse que até o momento recebeu seis feridos e 17 corpos de vítimas fatais.

— O avião bateu em uma torre móvel e caiu sobre casas — contou uma testemunha, Shakeel Ahmed, perto do local, a poucos quilômetros do aeroporto.

Perda de motores

Ainda não se sabe ainda a causa do acidente. Mas, de acordo com Abdul Sattar Khokhar, porta-voz da companhia aérea, o piloto avisou ao controle de tráfego aéreo que havia perdido o controle dos dois motores em sua segunda tentativa de pouso.

O piloto do voo PK8303 havia cancelado a primeira tentativa de pouso e virado para a esquerda, sugerindo que estava fora do curso.

— Estamos voltando. Perdemos os motores — disse o piloto, segundo um controlador de voo.

A torre de controle deu, então, permissão de pouso. Doze segundos depois, o piloto comunicou “Mayday, Mayday, Mayday”. Não houve mais comunicações do Airbus A320.

O acidente ocorreu menos de uma semana após o país permitir a retomada dos voos comerciais, no último sábado. Os serviços aéreos no país ficaram suspensos por dois meses devido à pandemia.

Homem ajuda no resgate das vítimas do voo da Pakistan International Airlines
Homem ajuda no resgate das vítimas do voo da Pakistan International Airlines Foto: ASIF HASSAN / STF

Fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram fumaça subindo do local do acidente e prédios em chamas. Os serviços de emergência estão no local e o Exército ajuda no resgate.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

FGTS: começa o saque-aniversário para trabalhadores nascidos em maio e junho; confira as regras

Foto: Guito Moreto Começa nesta segunda-feira (dia 1º de junho) o saque-aniversário do Fundo de Garantia do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.