Home / PARAÍBA / Sem Pacientes: Hospital de Campanha em Santa Rita será desativado na segunda-feira (3)

Sem Pacientes: Hospital de Campanha em Santa Rita será desativado na segunda-feira (3)

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, confirmou que o Hospital de Campanha, instalado no Hospital Metropolitano em Santa Rita, será desativado na segunda-feira (3), por falta de Pacientes com Covid-19.

Dr. Geraldo explicou que no Hospital há cerca de 28 pacientes e tem caído os casos graves da Covid-19. Os equipamentos dessa unidade serão redistribuídos em hospitais do Sertão que estão tratando vítimas da Covid-19.

Em relação à disponibilidade de leitos na pandemia, com a desativação do Solidário, ele lembrou das vagas disponíveis no antigo Hospital Santa Paula, que agora é a unidade II da Maternidade Frei Damião, prédio voltado especificamente para os casos de Covid-19, no momento. “Temos 150 leitos no antigo Hospital Santa Paula. Tem um andar só para Covid-19 de adultos, além de gestantes e puérperas.”

O secretário destacou que “o número de casos graves vem diminuindo” e que, por isso, é possível a desativação do Hospital Solidário, que foi erguido no estacionamento do Hospital Metropolitano de Santa Rita.

Ele também informou que a Secretaria de Estado da Saúde vai observar, nos próximos 15 dias, a relação de casos de Covid-19 após a quarta fase de flexibilização do comércio e serviços.

O Hospital Solidário possui 120 leitos, no total, e está com 28 ocupados. Já o Hospital Metropolitano tem 85 leitos, ao todo, sendo 54 de UTI e 31 de enfermaria para Covid-19.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Eleitores apontam problemas no aplicativo e-título; TSE alega ‘excesso de acesso’

Também há relatos de problemas na hora de justificar o voto pelo aplicativo. Confira o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.