Home / CIDADES / TJPB reconsidera decisão, e ordena eleições indiretas imediatamente, em Bayeux

TJPB reconsidera decisão, e ordena eleições indiretas imediatamente, em Bayeux

Na noite deste sábado (15), atendendo pedido do vereador Adriano Martins (MDB), o desembargador Frederico Coutinho reformou a decisão da desembargadora plantonista Graça Morais e ordenou que a Câmara Municipal de Bayeux realize eleição indireta para prefeito e vice-prefeito do Município imediatamente.

Na decisão, o desembargador Frederico manteve a decisão do juiz Francisco Antunes que rejeitou pedido da vereadora Lucília Freitas para anular eleição alegando falhas no edital.

A vereadora era candidata a vice-prefeita na chapa encabeçada pelo Presidente da Câmara Inaldo Andrade. O juiz Francisco Antunes alegou que a vereadora já sabia que ocorreria eleição indireta e também que o partido havia lhe negado legenda.

Já a desembargadora plantonista Graça Morais disse que o presidente da Câmara de Bayeux, Inaldo Andrade, deveria ser afastado por má condução dos trabalhos.

O Ministério Público foi acionado e deve apresentar denúncia por prevaricação.

Paraíba em Minuto

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Em Bayeux: Prefeitura denuncia corte de fio de energia em sala que guarda doses da Coronavac

Fio gerador de policlínica com doses da Coronavac foi cortado, em Bayeux Um fio do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.