Home / PARAÍBA / Varejo da Paraíba cresce 16% entre agosto deste ano e o mesmo período do ano passado, aponta IBGE

Varejo da Paraíba cresce 16% entre agosto deste ano e o mesmo período do ano passado, aponta IBGE

Esse é o segundo maior crescimento do varejo no Nordeste e o sétimo maior no país, no período avaliado, de acordo com os dados da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada hoje pelo IBGE.

(Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

A Paraíba registrou 16% de crescimento em agosto, comparado ao mesmo mês do ano passado.

Esse é o segundo maior crescimento do varejo no Nordeste e o sétimo maior no país, no período avaliado, de acordo com os dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta quinta-feira (8) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Apenas o Maranhão (23,5%) conseguiu índice maior na região. O crescimento nacional foi de 6,1%.

Segundo dados aos quais o ClickPB teve acesso, as vendas no varejo paraibano cresceram também entre julho e agosto, saltando 4,5%, e ficando acima da média nacional, que foi de 3,4%. O cenário do comércio varejista ampliado da Paraíba, que inclui veículos, motos, partes e peças e de material de construção, não é diferente com a alta de 8,8% de agosto sobre o ano passado, acima também da média nacional (5%).

No Nordeste, os estados do Maranhão (23,5%), Paraíba (16%) e o Piauí (15,3%) lideraram as vendas com índice acima de dois dígitos. Atrás estão os estados de Pernambuco (8,6%); Ceará (8%) e a Bahia (6,7%). Com menores crescimentos ficaram Alagoas (5%); Rio Grande do Norte (2,9%) e Sergipe (1,9%).

Segundo o IBGE, cinco das oito atividades pesquisadas tiveram crescimento em agosto em relação a julho: tecidos, vestuário e calçados (30,5%); outros artigos de uso pessoal e doméstico (10,4%); móveis e eletrodomésticos (4,6%); equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (1,5%); combustíveis e lubrificantes (1,3%).

Na contramão, tiveram queda no mês os artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-1,2%), os hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-2,2%) e os livros, jornais, revistas e papelaria (-24,7%).

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

URGENTE: Atendendo pedido dos Advogados Aécio Farias e Raoni Vita, CNJ determina que TJPB volte a realizar Audiências de Custódia na Paraíba

Nesta quarta (24), o Conselheiro Luiz Fernando Tomasi Keppen, do Conselho Nacional de Justiça, concedeu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.