Home / BRASIL / MAIS AJUDA: Forças Armadas transportam 50 toneladas de equipamentos e materiais para montagem de Hospital de Campanha em Manaus

MAIS AJUDA: Forças Armadas transportam 50 toneladas de equipamentos e materiais para montagem de Hospital de Campanha em Manaus

Ontem, na quinta-feira (14), uma aeronave KC-390 decolou de Recife rumo a Manaus com 25 toneladas de materiais para a montagem de Hospital de Campanha (HCAMP).

Entre os itens estão: sete barracas, nove ar condicionados, 42 luminárias e dois geradores, entre móveis e

equipamentos hospitalares.

Cilindros de oxigênio

Além disso, as Forças Armadas transportaram, nesta madrugada, em
caráter de urgência, cilindros de oxigênio hospitalar para Manaus, no
Amazonas.

A missão, com logística de guerra, teve início na sexta-feira
passada (08) e deve terminar no próximo domingo (17). No total, 386
cilindros de oxigênio deverão ser transportados por aviões C-130
(Hércules), da Força Aérea Brasileira (FAB), para o estado.

Logística de guerra

O primeiro voo partiu de Belém-PA, em direção à Manaus, na última
sexta-feira (8), com o carregamento de 150 cilindros de oxigênio.

No sábado passado (9), aconteceu novo transporte, da Capital Paraense à Capital Amazonense, de mais 200 cilindros para o tratamento dos
pacientes. Nos próximos cinco dias, aviões militares C-130 da FAB
entregarão 36 cilindros de oxigênio em Manaus.

Por trás do transporte de cilindros de oxigênio, existe uma operação
logística típica de guerra. Em 10 dias, serão percorridos 37.600 km e
alocadas 94 horas de voo. O equivalente a quase uma volta completa na Terra sobre a linha do equador.

Por Capitão-Tenente (T) Fabrício Costa

Foto: Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Paraíba em Minuto

Cilindros de oxigênio

Além disso, as Forças Armadas transportaram, nesta madrugada, em
caráter de urgência, cilindros de oxigênio hospitalar para Manaus, no
Amazonas.

A missão, com logística de guerra, teve início na sexta-feira
passada (08) e deve terminar no próximo domingo (17). No total, 386
cilindros de oxigênio deverão ser transportados por aviões C-130
(Hércules), da Força Aérea Brasileira (FAB), para o estado.

Logística de guerra

O primeiro voo partiu de Belém-PA, em direção à Manaus, na última
sexta-feira (8), com o carregamento de 150 cilindros de oxigênio.

No sábado passado (9), aconteceu novo transporte, da Capital Paraense à Capital Amazonense, de mais 200 cilindros para o tratamento dos
pacientes. Nos próximos cinco dias, aviões militares C-130 da FAB
entregarão 36 cilindros de oxigênio em Manaus.

Por trás do transporte de cilindros de oxigênio, existe uma operação
logística típica de guerra. Em 10 dias, serão percorridos 37.600 km e
alocadas 94 horas de voo. O equivalente a quase uma volta completa na Terra sobre a linha do equador.

Por Capitão-Tenente (T) Fabrício Costa

Foto: Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Paraíba em Minuto

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

30 Milhões de Doses: Governo agiliza processo de aquisição de vacinas da Índia e Rússia

O Ministério da Saúde dispensou o uso de licitação para compra das vacinas Covaxin, da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.