Home / CIDADES / Locadoras de veículos que prestam serviço à Semob faturam R$ 2,9 milhões da PMJP

Locadoras de veículos que prestam serviço à Semob faturam R$ 2,9 milhões da PMJP

Até os rádios comunicadores utilizados pelos agentes são alugados

Somente este ano, as locadoras de veículos que prestam serviços à Semob já receberam da autarquia um montante de R$ 573.197,00.

 

Apesar de ser uma autarquia com autonomia financeira e administrativa, a Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) funciona à base de locação de bens e equipamentos. Veículos locados, o imóvel onde funciona a sede e até os rádios utilizados pelos agentes de mobilidade. As locadoras de veículos que prestam serviços à Semob já receberam da autarquia este ano um montante de R$ 573.197,00.

 

Somado a outros órgãos da Prefeitura da Capital, as locadoras que têm contrato com a Semob faturaram na gestão de Luciano Cartaxo (PV) mais de R$ 2,9 milhões.

 

Somente a Semob já empenhou este ano R$ 255.360,00 em favor da Localiza Rent A Car S.a, referente à locação de veículos utilizados pelo órgão.

 

Para a Well Rent A Car Ltda Epp, a Semob empenhou este ano um total de R$ 201.437,36, por cinco veículos tipo caminhoneta cabine dupla, com capacidade para cinco passageiros.

 

E a terceira empresa que presta serviço à Semob, a Abf Locadora De Veiculos Ltda – Me, conseguiu empenhar este ano R$ 116.400,00, pela locação de dois veículos utilitários tipo puck-up,cabine simples de dois passageiros.

 

Até a comunicação por rádios transceptores trunking motorola da Semob é alugada. A Olm RepresentaÇões Ltda já teve este ano R$ 297 mil empenhados pela colocação de aproximadamente 140 rádios.

 

 

 

Paraíba em Minuto com ClickPB

 

 

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

E-mail: redacaosantaritaverdade@gmail.com

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Garota de 17 anos relata preconceito por vender picolé em ruas na Paraíba e viraliza na internet

Uma jovem, de 17 anos, chamada Lucyanna  (veja o insta dela)  resolveu contar sua história de superação ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.