Home / GERAL / Traição e ganância na morte de empresário e funcionário da Caern, Vídeo

Traição e ganância na morte de empresário e funcionário da Caern, Vídeo

13432319_118274475264645_3754222332351191344_n

Raptado ao sair de um bar no bairro Alecrim, Zona Oeste de Natal, no dia 21 de setembro de 2018, o empresário Marcos Antônio Braga Pontes, 60 anos, acabou morto em um plano que envolveu a sua mulher, Brena Katuana da Silva, 32 anos, que também mantinha um relacionamento amoroso com um dos assassinos, Ivan Vicente Ferreira Júnior de 32 anos, também conhecido como “Júnior Cabeça”.

 

Marcos, mais conhecido por ”Marcão”, foi assassinado com sete disparos que atingiram a região da cabeça e do peito. A princípio, a primeira hipótese era de que se tratava de uma execução.

 

Mas a investigação da polícia mudou de foco e agora envolve um seguro de vida em nome da vítima, que era também servidor da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) há 41 anos, onde tinha o cargo de administrador.

 

“Nós temos agora, como provável motivação, a ganância por dinheiro. Até porque essa vítima tinha um seguro de vida que se avalia hoje em R$ 850 mil”, disse o delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Odilon Teodósio. A viúva e o amante foram levados à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, nesta quinta-feira (11).

 

Na casa de Brena Katuana, em cumprimento de mandado de busca e apreensão, os policiais encontraram papelotes de cocaína. Ela assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e será investigada pelo homicídio do empresário.

 

“Brena e Ivan articularam a execução da vítima, contando com a colaboração de outros coautores, moradores do bairro das Quintas, região onde Ivan Junior atua diretamente na atividade de tráfico de drogas”, detalhou o delegado Matheus Barbosa Trindade.

 

Além de “Júnior Cabeça”, também foi preso Tomás Jorge da Silva Emiliano por posse ilegal de arma. Com ele foram encontrados um revólver calibre 38,  uma pistola 380 e 270 munições. A equipe de investigação acredita que o suspeito participou do homicídio de Marcos Antônio. Ao todo, os agentes cumpriram sete mandados de buscas.

Duas armas e 270 munições foram apreendidas na casa de um dos suspeitos. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Duas armas e 270 munições foram apreendidas na casa de um dos suspeitos. Foto: Polícia Civil/Divulgação

 

Marcos Braga se dirigia ao veículo quando se deparou com um criminoso armado logo depois de destravar o alarme do seu veículo. Ele tentou fugir, mas foi rendido pelo bandido e colocado dentro de um Gol preto. O corpo de “Marcão” foi encontrado em uma estrada do bairro Guarapes, na Zona Oeste da capital potiguar. A dona do bar em que a vítima estava horas antes de morrer afirmou que ele era muito querido por todos.

 

 

Paraíba em Minuto

 

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

 

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Filho de Flordelis aponta a mãe e três irmãs como suspeitas na morte do pai

Foto: Fabiano Rocha / Agência O GLOBO RIO – O depoimento de um dos filhos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.