Home / POLITICA / VÍDEO: Bolsonaro publica vídeo mostrando aeronaves da Funai em estado de degradação deixados pelo PT

VÍDEO: Bolsonaro publica vídeo mostrando aeronaves da Funai em estado de degradação deixados pelo PT

damares alves - Bolsonaro publica vídeo mostrando aeronaves da Funai em acentuado estado de degradação - VEJA VÍDEO

Nesta segunda-feira(08) o presidente da República, Jair Bolsonaro, fez uma publicação em suas redes sociais em que apresenta os aviões da Fundação Nacional do Índio em situação de abandono em um hangar localizado no Aeroporto Internacional de Brasília.

Na publicação a ministra Damares Alves apresenta muitos sinais do sucateamento sofrido pelas aeronaves.

Acompanhada pelo atual presidente da Funai, Fernando Melo, a ministra também reclamava do valor pago anualmente pelo aluguel para manter os aviões estacionados: R$ 700 mil. Segundo uma matéria feita pelo jornal Estado de São Paulo o aluguel do hangar estaria atrasado e já chegaria a R$3 milhões.

“A Funai, como regra, ‘cuidava’ de tudo, menos do índio. Cada ninhos de ratos que toco fogo, mais inimigos coleciono. Acredito no Brasil porque confio em, você, cidadão de bem”, colocou Bolsonaro na legenda do vídeo.

“Isto aqui é 1 descaso que deixaram para a Funai e 1 retrato da vergonha que era a Funai no passado.

Vou ter que pagar de aluguel aqui milhões, e a aeronave está avaliada em mil reais aqui no leilão (sic)”, diz a ministra no vídeo.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

WhatsApp: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Xeque-mate: Ex-deputado federal aliado da vereadora de Bayeux Luciene de Fofinho é alvo da Operação da Polícia Federal

O ex-deputado federal André Amaral, aliado de primeira linha da vereadora de Bayeux, Luciane de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.