Home / MUNDO / Menino de 12 anos mata professora, deixa quatro alunos feridos e comete suicídio em escola no México

Menino de 12 anos mata professora, deixa quatro alunos feridos e comete suicídio em escola no México

Menino abriu fogo em escola no México

Menino abriu fogo em escola no México Foto: Twitter / Reprodução

Um menino de 12 anos abriu fogo em uma escola particular na cidade de Torreón, no Norte do México, na manhã desta sexta-feira, segundo a mídia local, e cometeu suicídio em seguida. Pelo menos uma professora foi morta na situação e quatro alunos ficaram feridos.

Imagens de televisão mostraram dezenas de policiais e soldados ao redor da escola, identificados pela mídia como o Colégio Cervantes. Segundo as autoridades locais, o autor dos disparos era um estudante do sexto ano. Ele entrou na escola com duas armas de fogo.

Ciro Gómez Leyva

@CiroGomezL

El jefe de la policía de Torreón, Primo García, aseguró #PorLaMañana que un menor de 12 años llegó al Colegio Cervantes con dos armas y las detonó contra sus compañeros y su maestra. La maestra perdió la vida y el menor se quitó la vida; 2 menores y un maestro están heridos.

O prefeito de Torreón, Jorge Zermeño, afirmou em entrevista para a “Foro Tv” que o aluno tinha um destacado desempenho escolar e vivia com sua avó. Os motivos para a ação criminosa permanecem desconhecidos.

YankuikMx@yankuikmx_

Padres de familia acuden al colegio #Cervantes, lugar donde está mañana un estudiante disparó contra varios compañeros, logrando herir a 4 alumnos, matar a su propia maestra y finalmente logrando suicidarse.#torreón

Vídeo incorporado

Em 2017, um estudante matou quatro pessoas e ele próprio também em uma escola particular no Norte do país.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-3401

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Homem passa por cirurgia após ficar com órgão sexual preso a cano por cinco dias

Um jovem tailandês de 21 anos foi a um hospital em Bangkok após o seu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.