Home / GERAL / Aulas presenciais infantis, cinemas e teatros são liberados na Grande Fortaleza em setembro

Aulas presenciais infantis, cinemas e teatros são liberados na Grande Fortaleza em setembro

Um dos setores que aguardavam liberação para a retomada das atividades presenciais, as escolas devem voltar a receber alunos em seus espaços físicos a partir de setembro.

A retomada vale para a educação infantil em estabelecimentos particulares com capacidade limitada a 30% e foi divulgada em live na tarde desta sexta-feira (28) pelo governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio nas redes sociais.

O Governo do Estado também autorizou:

  • Bibliotecas (com 35% de capacidade)
  • Pequenos eventos (até 100 pessoas), a partir do dia 14 de setembro, nas regiões que já tiverem cumprido a Fase 4

A retomada só vale para Fortaleza e para as regiões que já cumpriram a quarta fase do plano de retomada das atividades.

“O comitê passará a autorizar, a partir do dia 1º de setembro, a educação infantil, creches e pré-escola, privadas, com a obrigatoriedade das escolas oferecerem aos pais o ensino remoto. Caberá aos pais optar por continuar de forma remota ou presencialmente”, disse Camilo Santana.

A retomada em escolas públicas e outras séries de escolas privadas ainda serão avaliadas nas próximas semanas.

O prefeito Roberto Cláudio atribuiu as definições às medidas tomadas desde o início da pandemia, como o isolamento social rígido.

“A gente só está podendo, a cada semana, progressivamente e responsavelmente, abrir algumas atividades e flexibilizar o funcionamento de outras, graças à ações que foram tomadas lá atrás: o isolamento social, o isolamento social rígido e a própria decisão de ter um plano de retomada baseado na ciência e na decisão dos especialistas”, reforçou o prefeito.

No início deste mês, o governador e o prefeito já haviam revelado que as aulas presenciais poderiam voltar em setembro, caso os boletins epidemiológicos revelassem o abrandamento das transmissões, ocupação em hospitais e unidades de saúde e da mortalidade pelo coronavírus.

Na ocasião, o governador havia pontuado que o retorno se daria de forma opcional para pais e alunos. Assim, as escolas deveriam disponibilizar a opção de aulas presenciais e remotas.

Durante o mês de agosto, profissionais dos estabelecimentos particulares de ensino realizaram uma série de protestos pedindo a volta das aulas presenciais.

Paraíba em Minuto

Acompanhe mais notícias do Paraíba em Minuto nas redes sociais: Facebook e Instagram

Entre em contato com a redação do Paraíba em Minuto:

Telefone: (83) 98704-340

Sobre Paraíba em Minuto

Veja Também

Boulos vira réu sob acusação de invadir tríplex ligado a Lula em Guarujá

A Justiça Federal recebeu a denúncia contra Guilherme Boulos (PSOL) e mais duas pessoas acusadas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.